A versatilidade do azul de metileno

Azul de metileno

Azul de metileno, um composto aromático heterocíclico, sólido verde escuro, solúvel em água, produzindo solução azul, inodoro, com fórmula molecular C16H18ClN3S, tem várias aplicações. Inicialmente em 1876, esse composto era usado para tratar malária devido suas propriedades antimicrobianas. Ele é usado como um antídoto específico para pacientes com sintomas e/ou sinais de hipóxia (mudanças mentais, taquicardia, dispneia, dor torácica), no tratamento doença meta-hemoglobinemia. Ele também é utilizado como corante para colorir certas partes do corpo, antes ou durante uma cirurgia. O azul de metileno se mostrou eficaz para aumentar a energia do nosso corpo e bem-estar, sendo indicado para pessoas que sofrem com cansaço excessivo, com síndrome de fadiga crônica. De modo geral, o azul de metileno apresenta os seguintes benefícios à saúde: poderoso antioxidante, melhora memória, melhora atenção, melhora humor, aumenta dopamina, Detox (limpa toxinas ruins), diminui a prolactina. Na Química ele usado como indicador redox. As propriedades redox permitem demonstração de cinética química em química geral, o chamado experimento da “garrafa azul”. Tipicamente, uma solução feita de dextrose, azul de metileno, e hidróxido de sódio. Após sacudir-se a garrafa, oxigênio oxida o azul de metileno, e a solução torna-se azul. A dextrose irá gradualmente reduzir o azul de metileno a sua forma incolor, reduzida. Então, quando o oxigênio dissolvido é inteiramente consumido, a solução irá tornar-se incolor. Azul de metileno é também usado para fazer a reação entre solução de Fehling e açúcares redutores mais visível.

Fonte: Dona Neura