Sabões e detergentes e os problemas ambientais

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Diariamente, grandes quantidades de sabões e detergentes são despejados nos sistemas de esgotos em praticamente todo o mundo. Como consequência acabam chegando nos corpos hidrídicos contaminando rios e lagos. Esses contaminantes  formam uma camada de espuma na superfície aquática impedindo a entrada de oxigênio, essencial para a vida dos peixes. As aves aquáticas também são muito prejudicadas com a poluição da água por sabões e detergentes. Elas possuem um revestimento de óleo em suas penas e boiam na água graças à camada de ar que fica presa debaixo delas. Quando esse revestimento é removido, essas aves não conseguem mais boiar e se afogam. Os sabões  são, geralmente, biodegradados sob a ação dos microrganismos aquáticos. Isso ocorre porque os sabões são fabricados a partir de substâncias presentes na natureza viva (os óleos e as gorduras). Geralmente todo sabão é biodegradável. Por outro lado, os detergentes são sintéticos podendo ser ou não biodegradáveis. Os detergentes de cadeia carbônica não-ramificada são biodegradáveis, ao passo que os de cadeia ramificada não são.