As superpoderosas da Química

Infelizmente, a história da humanidade ainda é feita pelo sexo masculino. Isso não significa que mulheres não se destacam em muitos

Marie Curie

campos da ciência. No caso da Química a história não é muito diferente apenas algumas mulheres se destacaram. Algumas mulheres como a Madame Lavoisier que se destacou ao

Irène Joliot-Curie

auxiliar seu marido Lavoisier a se tornar um marco na história da Química. Esse fato pode ser observado no caso das ganhadoras do prêmio, que somente três mulheres ganharam na área de Química. Em sua história apenas três mulheres ganharam o prêmio Nobel: Marie Curie (1903), Irène Joliot-Curie (1935) e Dorothy Hodgkin (1964). Essa superpoderosa mulheres da Química tinham dois pontos em comuns: todas demonstraram precocemente interesse pela ciência, tendo crescido num ambiente intelectual bastante estimulante, em função das atividades exercidas por seus pais e amigos de família, o que demonstra a influência marcante do meio no despertar das vocações. Além disso,

Dorothy Hodgkin

tiveram notável participação política nas questões sociais mais importantes de sua época.

Fonte:  As mulheres e o Prêmio Nobel de Química – Química Nova na Escola