As cinco invenções da Química moderna

Desde que o homem começou a usar inteligência ele passou a dominar alguma coisa da Química. Mesmo tendo o nome de Química o homem necessariamente teve que dominar as reações Químicas entre outras coisas.  Modernamente, existem cinco invenções na Química que se destacam pela sua abrangência e alcance na humanidade. Um delas é o desenvolvimento de um processo para produzir amônia pelos químicos alemães Fritz Haber e Carl Bosch. Hoje cerca de 80% do nitrogênio em nosso corpo, por exemplo, vem do processo Haber-Bosch. A reação de obtenção da amônia é praticamente a única reação que será mais realizada pelos menos nos próximos 100 anos. Outra descoberta importante da Química moderna é a penicilina, que é incontáveis a quantidade vidas salvas por esse antibiótico. A descoberta e o uso são atribuídos respectivamente a Alexander Fleming e Howard Florey. Hoje considerado um problema ambiental em várias partes do mundo, mais a invenção acidental do polietileno possibilitou a entrada do plástico em nossas vidas a ponto de serem produzidas anualmente cerca de 80 milhões de toneladas a cada ano. A quarta invenção de importância na Química moderna são os anticonceptivos. É interessante dizer que o primeiro anticonceptivo foi isolado da raiz de um inhame mexicano, cuja propriedade é ser convertido facilmente em progesterona. Finalmente, a quinta invenção da Química moderna são as telas de cristal liquido. Atualmente, as LCD estão espalhadas por toda a humanidade na forma de relógios, TV, tablets etc.

Fonte: IFLScience

Leia também:

Penicilina

Quantas pessoas um cientista pode salvar ou matar?