A comida que nos alimenta também nos mata

Segundo novo relatório do Greenpeace cerca de um quarto de todos os gases causadores do estufa vem do sistema alimentar e do uso agrícola. O relatório recomenda menos é mais; ou seja menos carne e leite para uma vida melhor e um planeta mais saudável. Para o Greenpeace se não agirmos, as emissões de gases de efeito estufa do sistema alimentar em 2050 serão mais da metade das emissões globais causadas pelo homem. Os resultados do Greenpeace mostram que

  • Os produtos animais respondem por cerca de 60% das emissões climáticas relacionadas à dieta.
  • O sistema alimentar também é responsável por 80% do desmatamento das florestas remanescentes mais ricas em espécies do mundo.
  • A agropecuária é a principal causa da perda global de biodiversidade.
  • Comemos muita carne, gordura e açúcar refinado – isso contribui para a disseminação da obesidade e das doenças crônicas.
  • Mais plantas na dieta economizarão em custos ambientais e alimentarão milhões de pessoas sem consumo adicional de recursos.
  • Os autores dizem: Nosso atual sistema alimentar não é sustentável – precisamos reduzir drasticamente nosso consumo de carne e leite

Finalmente o relatório resume que “Nossa decisão sobre o que comemos como indivíduos e como sociedade é uma das nossas ferramentas mais importantes na luta contra as mudanças climáticas”.

Fonte: Enorm