Um plástico totalmente reciclável

A extensão do uso de plástico pode ser vista no fato de que mais de 200 quilos de polímeros sintéticos são consumidos por pessoa a cada ano. Sendo que, a  maioria desses polímeros não são renováveis  o que tornou a meta de produzir polímeros que sejam biodegradáveis bem como plásticos biodegradáveis. Essa é, no entanto, apenas uma parte da solução, já que os polímeros biodegradáveis ​​não são necessariamente recicláveis, em termos de reciclagem de matéria-prima. Para resolver esse problema uma equipe de cientistas da Universidade do Colorado (EUA)  produziu com sucesso

                 Butirolactona

um polímero biodegradável completamente reciclável. O pesquisador Chen e seu colega, Miao Hong, publicaram na Nature Chemistry a síntese de um polímero que, quando reaquecido por cerca de uma hora, retorna ao seu estado molecular original e, portanto, podendo ser reutilizado novamente. A matéria-prima usada foi a  a gama-butirolactona (GBL), um monômero que teoricamente não é polimerizável. A proeza da síntese do novo polímero foi alcançada usando  catalisadores à base de metal. Para o novo biopolímero voltar a sua forma original não precisa de condições especiais, apenas um aquecimento em uma temperatura de 220-330 oC.

Leia também

Deixe seu plástico no supermercado

Uma rainha na luta contra o plástico

O fungo amazônico que come plástico

O plástico está envenenando nossos filhos

Plástico