O grafeno na atividade física

O número de diferentes protótipos de usáveis (“wearable”) que são baseados em grafeno vem crescendo rapidamente. Um dos mais novos é um adesivo descartável repleto de sensores baseados em grafeno que medem sinais vitais como frequência cardíaca, saturação de oxigênio, temperatura de hidratação, exposição aos raios UV, temperatura e taxa de respiração, vem sendo desenvolvido por cientistas do Instituto de Ciências Fotônicas (ICFO). Enquanto sensores da maioria dos wearables ou banda fitness usados para a prática de exercícios físicos usam luz LED, o novo sensor de grafeno em desenvolvimento usa luz ambiente que passa pelos sensores óticos, atingindo a pele e voltando para que os sinais vitais sejam medidos.

A nova banda de fitness criada pela ICFO usa a mesma tecnologia central do seu patch UV. O dispositivo desenvolvido faz muito mais que simplesmente medir a atividade física do usuário. Imagine o seguinte cenário. Uma pessoa está viajando no deserto com acesso limitado à água. Ao medir a hidratação da pele do corpo com a banda de fitness da ICFO, o seu usuário pode otimizar a ingestão de água, evitando qualquer tipo de desidratação, segundo os desenvolvedores do dispositivo de grafeno. Da mesma forma, um explorador caminhando até o pico do Monte Everest poderia usar a banda para monitorar com precisão a saturação de oxigênio no sangue. A alta altitude pode afetar severamente a saturação de oxigênio no corpo. Usando a banda de grafeno, o explorador pode monitorar esses níveis e emitir um aviso se a saturação de oxigênio no sangue que estaria diminuindo drasticamente abaixo de um certo nível. Além disso, a banda de grafeno pode ser integrada a uma câmera de smartphone e as centenas de milhares de fotodetectores, incrivelmente pequenos é altamente sensíveis à luz UV e infravermelha podem revelar mais detalhadamente a situação física do usuário da banda de grafeno, segundo Frank Koppens, líder da equipe dos desenvolvedores da banda de grafeno do Graphene Flagship da ICFO. Veja o video

 

Leia também

Roupas revestidas com grafeno
Grafeno é mais forte que o diamante, mas o que ele pode fazer?

 

Fonte: Wearable Technologies