A realidade do mercado atual do grafeno

A cada dia estamos diante de uma nova aplicação do grafeno, temos a impressão de que não há fim para o que este material pode fazer? Fazer bolas de golfe ir mais longe, concreto mais forte, roupas e baterias que duram mais entre tantas outras maravilhas que o grafeno pode fazer. Por outro lado, é uma pena que apenas 1 g de grafeno tenha um longo caminho para ser percorrido comercialmente. Na semana passada, Versarien, um dos muitos produtores de grafeno que está no mercado de grafeno nos últimos seis anos, afirmou que qualquer quantidade grafeno  a ser produzida precisa ainda ser bem estabelecida. Essa afirmação vem depois das perdas do grupo de £ 1,1 milhão.

Atualmente, o grupo vende 100 gramas de grafeno aqui e um quilo ali para ser testado por possíveis clientes com os quais assinou vários contratos de colaboração. O executivo-chefe do grupo Neill Ricketts está confiante de que um dia o grupo irá recuperar suas perdas econômicas e além de poder aumentar a sua capacidade de produzir grafeno para 30 toneladas por ano. Enquanto isso, ele está tentando levantar fundos do Instituto de Tecnologia de Grafeno de Pequim em troca de uma participação de 15%.

O grafeno foi descoberto em 2004 por dois cientistas da Universidade de Manchester. Eles perceberam que essa camada de carbono com um átomo de espessura era um milhão de vezes mais fina do que um cabelo humano e tem 200 vezes a força do aço. Os entusiastas logo começaram a declarar que o material ultrafino, mega-flexível e supercondutor faria para o Manchester o que o silício fez em um vale na Califórnia. O grafeno revolucionaria a eletrônica, os computadores, a energia, a biotecnologia e o transporte, gritaram. Mas a tão sonhada revolução está levando décadas para transformar o grafeno como um material comercial.

A Versarien é apenas uma das muitas empresas que tentam descobrir como ganhar dinheiro com o grafeno. Infelizmente,  os fabricantes não conseguiram ainda substituir materiais mais baratos que o grafeno. Para ter lucro,  as aplicações com o grafeno devem ter preço mais baratos. Muito embora, os sábios da indústria calculam que o mercado global de grafeno valerá cerca de US $ 550 milhões até 2025.

Parte do problema é que o grafeno é tão superior que não funciona facilmente com outros materiais. Ele é “totalmente inerte” que é necessário que novas aplicações em escala comercial sejam descobertas. Mas a mudança não está acontecendo tão rápida o suficiente para que o grafeno ganhe escala comercial.  Para que isso ocorra é necessário que as grandes multinacionais avancem os seus projetos.

Leia também
Como converter dióxido de carbono em grafeno
O grafeno na atividade física
Roupas revestidas com grafeno
Grafeno que material maravilhoso é esse
Grafeno é mais forte que o diamante, mas o que ele pode fazer?
O superconcreto feito com grafeno

Fonte: Financial times