As cápsulas de café biodegradáveis

Sem sombras de dúvidas o café é uma das bebidas mais famosas do mundo. Aqui no Brasil tomar o gostoso cafezinho a maioria dos brasileiros adoram. O gosto pelo café atraiu a tecnologia e existem diversas formas de preparo do café. Existem aquele cafés que imprimir sua imagem na superfície do café, existe o café italiano, português, cubanos etc. 

Para o prazer de vários sabores, a tecnologia criou as máquinas de café que basta apenas colocar uma cápsula e daqui a pouco o cheirinho dos mais variados tipos de café aparece. Assim, se você quer um capucino ou aquele expresso, o café está em uma cápsula em sua mão.

Infelizmente, não olhando depois de feito o café porque a cápsula vai para o lixo e daí ninguém sabe o destino delas.  Somente no Reino Unido, aproximadamente 95 milhões de xícaras de café são consumidas diariamente, com mais de um terço dos consumidores de café britânicos admitindo que descartam suas cápsulas de café em lixeiras. Aproximadamente 20 bilhões de cápsulas de café não biodegradáveis ​​e de uma xícara acabam em aterros sanitários. 

A questão é que as cápsulas de café não biodegradáveis ​​são um desafio para reciclar porque uma cápsula única é composta por uma mistura de materiais, incluindo alumínio, papel alumínio e especialmente plástico . O plástico leva até 500 anos antes de começar a se desintegrar.

Para resolver esse problema a gigante italiana do café Lavazza está oferecendo uma alternativa mais ecológica – uma cápsula de café compostável. A Lavazza colocou no mercado cápsulas de café mais sustentáveis, chamadas Eco Caps, baseadas em biopolímeros. Em contraste com as cápsulas de café não biodegradáveis, o Eco Caps leva apenas seis meses para se degradar. Essas vantagens são convenientes para serem descartadas na lixeira de alimentos , dependendo das regras locais de compostagem.

A Lavazza fez uma parceria com o TerraCycle, um serviço de coleta de lixo especializado em itens de difícil reciclagem, para facilitar a compostagem industrial do Eco Caps se a compostagem local não estiver disponível. A parceria TerraCycle foi formada para resolver a questão de os consumidores estarem geralmente confusos sobre o que pode ser reciclado.

As cápsulas de café compostáveis ​​e biodegradáveis estão se tornando uma tendência. Por exemplo, o varejista on-line Halo também oferece uma variedade separada de vagens compostáveis ​​feitas com polpa de papel e cana de açúcar. 

Leia também

Copos de bambu “ecológico” para café

Beber café faz algo extraordinário no seu corpo

Químicos criam gel de polímero flexível a partir da cafeína

O Café e a Saúde

Fonte

Inhabitat