Vinho e carne: uma combinação perfeita

Para muitas pessoas comer uma carne vermelha e toma um vinho tinto é uma deliciosa combinação. Essa mistura é uma combinação que traz benefícios ao organismo. Consumir carne vermelha representa introduzir no organismo o MDA (3,4- metilenodioxianfetamina), uma substância perigosa carcinogênica que é produto da oxidação das gorduras insaturadas presentes nas carnes. Por ser rico em polifenois, o vinho é capaz de inibir a ação dessas gorduras, além de retirar por completo outras substâncias maléficas como os radicais livres.

Agora se você não gosta de consumir bebidas alcoólicas a alternativa para eliminar os efeitos das gorduras no organismo é acrescentar nas refeições molho de vinho na carne vermelha. Portanto, além de requintar e tornar apetitosa a refeição, você reduz os efeitos carcinogênicos das gorduras.

Outra opção para reduzir os efeitos carcinogênicos daquele frango assado é combinar o seu consumo com a um bom vinho branco. É verdade o vinho branco também é benéfico, muito embora a quantidade de polifenóis seja menor que aquela contida no vinho tinto.