O que é qual a versatilidade da quitosana

Camarão

A quitosana é um biopolímero β-(1-4)-N-acetil-D-glucosamina de origem natural derivado do processo de desacetilização da quitina. Sua denominação usual é quitina, que deriva da palavra grega chiton, significando um revestimento protetor para invertebrados. A quitina pode ser identificada em diferentes seres vivos, como camarão, lagosta, escorpião, formigas, besouro, aranha, barata, algas verdes, leveduras, fungos, entre outros.

Estes polímeros não apresentam toxicidade, bem como, são biodegradáveis e disponíveis no meio ambiente através de animais e em algumas plantas.

Devido aos agrupamentos aminos, presentes na cadeia polimérica, quitosona apresenta um conjunto de propriedades específicas, como reatividade e, em pH < 6,5 exibem capacidade de realizar adsorção catiônica. A quitosana possui a capacidade de formar complexos; uma vez que é um quelante:

Estrutura química da quitosana
Quitosana

Quitosana é um polissacarídeo catiônico produzido através da desacetilação da quitina  através de um processo de alcalinização sob altas temperaturas

Essas propriedades permite a quitosana ser usada na agricultura para recobrimento de sementes (biocidas); biorremediação como adsorvente de metais potencialmente tóxicos (metais pesados); indústria farmacêutica como analgésico, aceleração da cicatrização, promotor de regeneração óssea, tratamento da artrite, sistema de liberação de fármacos; na indústria de alimentos como aditivo orgânico, embalagens ativas; odontologia como antimicrobiano, anti-inflamatório, inibição de biofilmes, entre outros.

Leia também

O sódio e a hipertensão

A descoberta da relação sódio e a pressão alta

As tendências futuras para saúde e energia

Estatinas as moléculas mais vendida

 

Benefícios da Quitosana

  • Como suplemento natural a Quitosana pode contribuir para a perda de peso, com efeitos colaterais menos severos que outros inibidores ou bloqueadores apresentam;
  • A quitosana apresenta certa capacidade de absorver metais pesados, caso você seja vítima de alguma intoxicação;
  • Auxilia a pele na recuperação de queimaduras. Inclusive, há pesquisas em andamento  com a membrana da quitosana para verificar a regeneração;
  • Contribui para eliminar o colesterol ruim (LDL) do organismo;
  • O consumo controlado também pode servir como tratamento para combater o descontrole da pressão arterial;
  • Ajuda a reduzir o apetite excessivo;
  • Auxilia para reduzir os riscos de câncer do cólon e de próstata.

Fonte:

Química Nova na Escola 

Poupafarma

Wikipédia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *