Circuítos eletrônicos no grafeno

Os nanoengenheiros desenvolveram novas maneiras de usar uma tecnologia de impressão no grafeno. A equipe do Pesquisador Jonathan Claussen da Universidade Estadual de Iowa (Departamento de  Energia) desenvolveu uma nova forma usando laser de pulso rápido de imprimir sobre a superfície do grafeno sem danificar a sua estrutura.  A questão é que o laser alinha os anéis de grafeno verticalmente, tornando-as pequenas pirâmides empilhas hidrófobas. Essa propriedade elimina o acúmulo de materiais biológicos na superfície e, dessa forma, melhorando os dispositivos com sensores químicos e biológicos. Outra característica interessante é que esse processo possibilita aumentar a quantidade de materiais eletrônicos flexíveis, sensores laváveis em têxteis, tecnologias microfluídicas, sensores eletroquímicos além de auxiliar na produção de células nervosas.

Leia também Grafeno o futuro das baterias

Fonte: Science Daily