O zero absoluto

Zero absoluto é o zero na escala Kelvin, o equivalente a -273,15 ° C, mas … o que significa? Será que a ausência de calor? É a temperatura mais baixa possível? Primeiramente é necessário distinguir entre a energia interna, calor e temperatura, para esclarecer as ideias. Calor interno da energia é a energia que uma substância contém dentro de si, devido ao fato de que seus átomos e moléculas estão em movimento. 

O calor é o fluxo ou transferência que ocorre espontaneamente entre dois corpos com diferenças de energia interna. E a temperatura é um conceito inventado pelo homem para atribuir um número a essa energia, para que possamos comparar se ela aumenta ou diminui.

Então, quando você diz que aumenta a temperatura de uma substância é porque ela esta sendo aquecida, seus átomos e moléculas se movem mais rápido porque foi adicionado energia térmica no sistema. E quando dizemos que a temperatura diminui, a substância é resfriado, o que dizer realmente é que os seus átomos e moléculas se movem mais lentamente, porque eles perdem energia térmica.

Fahrenheit e Celsius forneceram uma medida para a variação de energia, mas não marca os limites relacionados ao movimento molecular. Por exemplo, a escala Celsius tem ponto de congelamento e  ponto de ebulição da água.  A essência do problema é que nenhuma das duas escalas de temperatura inclui o conteúdo de calor zero, a total ausência de calor.

Lord Kelvin (1824-1907), aristocrata britânico e cientista, desenvolveu uma escala de temperatura que começa na ausência de calor, na situação em que uma substância é tão fria quanto pode ser, no zero absoluto. Quando os átomos e as moléculas da substância parar de se mover completamente e não há energia calorífica. 

Fonte: https://brasilescola.uol.com.br/fisica/zero-absoluto.htm

Fonte:

Portal de la Ciencia e Ingenieria: ¿Qué es el cero absoluto?