Será que creme dental de carvão deixa os dentes brancos?

Ter dentes brancos com aquele sorriso lindo muitas pessoas pagam caros para tê-los. Outras alternativas usadas estão baseadas nos resultados de buscas no Google, receita de amigos entre outras. Dentre das receitas de clareamento, quem não encontrou o uso do carvão?

Leia também

O Diamante e o carbono

Pode até parecer novo o uso de carvão ativado, mas quem começou com o grego hipócrates. Nas décadas de 1930 e 1940 os fabricantes americanos para venderem os seus produtos tinham como estratégia que os dentes eram renovados e ficavam brancos com o uso de gomas de mascar e pós de carvão comercializados por eles.

Atualmente, é possível encontrar fio dental, creme dental, desaguatório bucal e até mesmo escovas de dente infundidas contendo carvão ativado;  todos esses produtos com a promessa de clarear os dentes e “desintoxicar” a boca.

Na verdade o carvão ativado é um tratamento bem estabelecido para alguns venenos e overdoses agudas. O carvão comum é feito de materiais como turfa, carvão e madeira, mas a produção de carvão ativado envolve a etapa adicional de aquecer o carvão comum na presença de um gás. Esse processo faz com que o carvão tenha muitos e poros internamente. Essa característica dar ao carvão ativado a capacidade de adsorver muitos os produtos químicos. Baseados nesse fato, muitos fabricantes afirmam que os minúsculos poros do carvão ativado são capazes de desintoxicar boca além de remover manchas dos dentes.

Em 2017 um trabalho publicado no Journal of American Dental Association, constatou que 96% dos cremes dentais a carvão afirmavam que a presen´ca de carvão em sua composição beneficiava o processo de clareamentos dodos dentes e 46% afirmavam que os dentes eram desintoxicados. Todavia,  não existe nenhum resultado científico que sustenta a capacidade do carvão em desintoxicar ou não uma boca. Essas alegações não são suportadas por evidências científicas concretas. Além disso, a segurança e a toxicidade desses produtos odontológicos à base de carvão não foram testadas o que é um fato preocupante. 

No entanto, muitos da área odontológica estão preocupados para o fato de partículas abrasivas do carvão removam a camada de esmalte (a superfície externa dura dos dentes que ajuda a prevenir a cárie) o que enfraquece os dentes tornando-os mais vulneráveis ​​para se tornarem mais amarelos.  Além disso,  o carvão contém pelo menos quatro hidrocarbonetos reconhecidamente ​​agentes cancerígenos. 

Portanto, não use carvão para clarear os dentes, procure um especialista para os seus dentes. 

Fonte:  

LiveScience