Mentoria: Um sucesso mesmo em tempos de Pandemia (Covid19)

Apesar de muito tempo de formado uma das lembranças muito boas que tenho da Universidade Federal de Viçosa (UFV) é o programa de tutoria/mentoria. Naquela época cada aluno da UFV tinha um tutor para orientação durante a realização do curso. Sempre me encontrava com meu tutor e ele com sua experiência me ajudava a tomar decisão em relação a quais disciplinas eu deveria. Sem sombra de dúvida os conselhos recebidos direcionaram minha vida profissional e nas minhas escolhas depois de minha graduação. Sendo importante não profissional que sou hoje.

Leia também

Aplicando o contexto no ensino de Química

O ensino brasileiro precisa chegar no século 21

O distanciamento do ensino com a sociedade

Como melhorar a compreensão da Química

A busca da informação é muito melhor que o contéudo

O verdadeiro ato de ensinar Química

O Ensino on-line e a diversidade nos alunos

Sem a Pandemia do Covid a mentoria foi importante fiquei imaginando agora durante a crise e com aulas on-line. Querendo ou não querendo professores e alunos estão vivendo um tempo em que uns terão que produzir as aulas e outras assistirem. Muitos professores pensam que as aulas online terão o mesmo desempenho que ele teria com as aulas presenciais.

Bom, o aprendizado a distância está diretamente relacionado à forma que o professor direciona os seus ensinamentos. Sem entrar muito em teoria de ensino, mas o professor nesse caso é uma espécie de maestro que conduz a orquestra. Igual a um maestro o professor tem que conhecer a fundo os seus alunos, para então produzir não mais uma aula, mas um roteiro de aprendizagem.

Uma vez estabelecido o roteiro, aí o professor poderá usar as ferramentas de aprendizagem moderna. Dentro do roteiro preparado pelo professor podem estar presentes aulas online em Zoom, Meet ou Teans, Facebook, instagram; aulas no Google, questões em software de quiz ou mesmo Google Form, Google Sheet etc. Todo esse roteiro de aprendizagem é colocado em plataformas como Moodle, Google Sala de Aula, Edmodo entre outras.

Mesmo com um excelente roteiro, do outro lado, está o aluno cheio de expectativas e vindo de um sistema paternal, onde o professor muitas vezes é tratado de tio, mestre, amigo etc. Nesse contexto, o uso de mentores tem papel essencial. O aprender o conteúdo não é uma relação fria do aluno com um bom roteiro. Depende da motivação do aluno.

Alcançar o estado de espírito do aluno é o segredo para seu sucesso não só nas disciplinas online, mas também no seu futuro profissional. Segundo artigo publicado pela Chemistry in Australia (RACI) cerca de 90% dos alunos que passaram pelo programa de mentoria RACI arrumam emprego mais rapidamente muito acima da média nacional australiana. Segundo a RACI o mentor tem que ter um perfil que se adapte a área de interesse tanto dos alunos de graduação quanto para pós-graduação.

Trabalhando dessa maneira, o objetivo da mentoria é atender individualmente cada aluno ajudando-o a melhorar o seu desempenho acadêmico bem como desenvolver habilidades para encontrar e obter as melhores oportunidades profissionais mais rapidamente. Nesse processo de mentoria, os alunos fazem também um networking; uma vez que, o mentor o colocar em contato com profissionais de sucesso dentro de sua rede de contato.

Como podemos perceber o processo de mentoria vai muito além do ensino online pois desenvolve também uma empatia e motivação entre mentor e aluno.