As reações químicas e como podemos reconhecê-las

As modificações, alterações ou reações químicas podem ser reconhecidas por uma série de situações que são geradas quando ocorrem. Essas reações podem ser reconhecidas por variações de temperatura, desde que haja liberação de energia, sendo neste caso denominadas reações químicas exotérmicas. Quando a energia é absorvida, essas reações químicas são conhecidas como reações endotérmicas.

Por outro lado, mudanças de cor, odor, formação de precipitados, entre muitas outras modificações, mostram que ocorreu uma reação química. No entanto, reações químicas podem ocorrer mesmo quando nenhum dos indicadores acima é exibido.

As reações geradas podem ser de vários tipos, entre as quais podemos citar as orgânicas, onde estão envolvidos compostos como o hidrogênio e o carbono. Um exemplo de reação orgânica é a halogenação, polimerização e craqueamento catalítico de hidrocarbonetos.

Já as reações inorgânicas são determinadas por mudanças nas quais as reações químicas estão envolvidas na ausência do elemento químico carbono. Um exemplo dessa reação é a mistura de ácidos e bases, bem como reações oxidativas e oxidativas.

Existem também as reações bioquímicas, que são aquelas que ocorrem nos organismos vivos e são controladas por hormônios e enzimas. A fermentação, a fixação de nitrogênio, o ciclo de Krebs, a digestão e a fotossíntese são um bom exemplo deles.

No dia a dia estamos em constante presença de reações ou alterações químicas, que são imperceptíveis por fazerem parte de nossas atividades diárias. Essas reações químicas estão presentes no metabolismo dos alimentos, cozimento de um ovo, digestão do açúcar, no banho, no casso etc.

Outra mudança que podemos observar a olho nu é a mistura de bicarbonato de sódio com vinagre, preparação frequentemente utilizada para limpar superfícies. Quando esse tipo de mistura é realizado, uma série de bolhas são produzidas, que são indicadores de que uma reação ou alteração química está ocorrendo.

Em praticamente todas essas reações que ocorrem em nós mesmos e na nossa volta está a estequiometria. O princípio da conservação das massas está presente garantindo que nas reações seja obedecida a estequiometria.