A estequiometria de Richter

A Química tem muita história interessantes para contar dentre as quais tenho predileção por aquelas que nos marca pela vida toda. A história que vou contar é sobre o aparecimento do termo estequiometria. Nada nasce do acaso, esse termo foi criado por Jeremias Benjamin Richter, vejamos os fatos mais importante sobre a criação do termo estequiometria.

Leia também

Quem é Jeremias Benjamin Richter

A natureza das reações químicas

Queremos você aprendendo Química

Qual a importância da estequiometria?

Aparentemente, devido a condição financeira do seu pai, Richter entrou para no serviço militar. Ele era um membro do corpo de engenharia em Breslau de 1778 a 1783, e depois deixou o exército, aparentemente porque seu nome foi omitido das listas de promoção pelo menos quinze vezes.

O fracasso em avançar na carreira militar foi provavelmente por sua própria culpa, pois ele permitiu que sua inclinação para que as ciências naturais obscurecessem suas atividades militares. Ao invés de executar os trabalhos militares ele gastou muito tempo aprendendo química com o Dicionário de Macquer, além de estudar física e matemática.

Para continuar seus estudos, ele entrou na universidade em Konigsherg e segundo algumas informações ele se interessou muito sobre as teorias do filosofo Kant, o que lhe permitiu aprender sobre como examinar resultados experimentais de um ponto de vista matemático.

Em 30 de abril de 1789, Richter foi diplomado com a dissertação intitulada “Sobre o Uso da Matemática na Química”. Seus limitados recursos financeiros não o permitiram permanecer em Königs Berg – como um membro do corpo docente, e em 1890 ele se tornou um tutor na casa de Freiherr von Leschwitz.

Todavia, Richter diligentemente continuou suas investigações em química o que lhe possibilitou publicar em 1792 o livro “Anfangsgriinde der Stoichiometrie oder Messkunst chymisches Elemente (Traduzido “O início da estequiometria ou a arte de medir elementos químicos) cujo próprio tamanho dissuadiu seus colegas químicos de dar atenção séria ao conteúdo. O termo “estequiometria” foi cunhado por Richter do grego “stoicheion”, as partes fundamentais, indivisíveis e “metrein”, medida de proporção relativa. Richter confessou que não foi capaz de conceber uma palavra mais curta ou melhor para expressar estas relações quantitativas.

A escolha da palavra estequiometria levou um crítico a perguntar: “O que você poderia esperar do estilo de um homem quem inventaria tal palavra?

Richter, percebendo que seu trabalho estava sendo criticado injustamente porque seu livro não foi lido com atenção, resolveu publicar seus resultados em menor volumes e onze seções de seu ” Sobre os novos assuntos da química” foi emitida irregularmente de 1793 a 1802. Sua tradução do Dicionário Químico de Borquet também foi feita durante sua estada em Gross Ober-Tschirnau bei Glogau.