A evolução a humanidade e a meio ambiente

Em tempo de pandemia de Covid-19 descobrimos que em um tempo que as pessoas procuram lockdown, o nível de poluição global que vivemos. Usando o pensamento de Químico podemos afirmar que muitas espécies químicas que contribuem para diminuir o aquecimento global deixaram de ser produzidas e em muitos locais do mundo a qualidade ambiental melhorou por breve período.

Leia também

Química Ambiental – Baird

Química Ambiental

Revista Química Ambiental

A relação humana com o aquecimento global

Está difícil controlar as emissões de CO2 limitar o aquecimento global em 1,5 graus

O aquecimento global já alterou o pulmão do planeta

Quando pensamos em meio ambiente podemos constatar o quanto a sustentabilidade é um pré-requisito fundamental para garantir o futuro da humanidade. Na Química Ambiental podemos pensar que as milhares de reações cujo resultado seja o aumento do dióxido de carbono na atmosfera. Infelizmente, a explosão demográfica mundial que ocorre historicamente na humanidade bem como um modelo de exploração errado dos recursos naturais foi responsável pelo aumento do aquecimento global.

Desde que o homem deixou de ser sedentário lá na pré-história, com uma exploração inicial dos recursos naturais em pequena escala, aumentando drasticamente após a revolução industrial até os dias atuais. A revolução tecnológica que ocorre desde a invenção da roda até os dias atuais trouxe ao homem uma condição inimaginável, mas a humanidade não soube avaliar a extensão de suas ações. Os efeitos colaterais para muitas das inovações são assustadores, como câncer causado por substâncias como benzeno e naftaleno; o DDT que matou muitas pessoas e ainda persiste no sangue humano, entre tantas outras substâncias.

A mecanização e uso de tecnologias de ponta como os princípios da indústria 4.0 tornou a agricultura uma verdadeira máquina de produção agrícola. A agricultura mundial é feita de tecnologia de ponta ao uso indiscriminado de defensivos agrícolas, que aumentam a produção mundial de alimentos, mas também traz os perigos dos agrotóxicos. O aumento da produção de proteína animal trouxe também um aumento da produção de dióxido de carbono a ponto de tornar a agricultura uma fonte importante deste poluente que é responsável pelo aquecimento global.

Não podemos deixar de mencionar o aumento da frota de automóveis movidos a combustível fósseis que tornaram a grandes cidades mundiais em verdadeiras ilhas de inversões térmicas. É verdade que atualmente existe uma onda da busca da sustentabilidade. Isso vem ocorrendo após a economia mundial está em risco, o futuro de gerações que será afetada e o alto consumo de recursos naturais quase que esgotados. Por exemplo, o gás hélio e a terras raras tem suas fontes quase que esgotadas. Ambos são usados intensamente pela saúde e indústria eletroeletrônica; ou seja, a supercondução elétrica e os Smartphone dependem diretamente desses elementos químicos até o momento.

Evidentemente que os governos mundiais teriam que intervir para a melhoria das condições ambientais do mundo. Ao instituir uma percentagem de componentes recicláveis nos produtos tem-se aí uma pequena redução da pressão dos recursos naturais. A indústria da reciclagem ganhou uma importância muito grande nos últimos tempos.

O número de Startups criadas para reaproveitar resíduos sólidos despejados mundo afora nos dar uma esperança de dias melhores. Indubitavelmente, essas Startups têm a missão de aumentar o ciclo de vida dos plásticos entre muitos outros resíduos. Afirmo isso baseado na quantidade de resíduos plásticos espalhados pelo mundo. Hoje é quase impossível encontrar uma região no mundo que esteja livre dos plásticos.

Outro desafio das indústrias e Startups são as baterias que movem e moveram os carros do presente e do futuro. É urgente o desenvolvimento de baterias com vidas úteis e quantidade de energia maiores que as atuais.

Como podemos perceber nesse pequeno texto o desafio que temos para reduzir o aquecimento global e dar sustentabilidade ao mundo.