O consumo consciente de energia elétrica

estrutura de ferro

A declaração de Thomas Edison de que “vamos fazer eletricidade tão barata que apenas os ricos vão queimar velas” era verdadeira somente para o mundo industrializado. Infelizmente, existe ainda 1,6 bilhão de pessoas ainda sem eletricidade no mundo. Esse fato ocorre com a população mundial após 100 anos depois do início do acesso à eletricidade.

Leia também

Eletricidade verde de brasileiro para brasileiro

Como é a química das nossas baterias

Aplicativos ajudam o ambiente

As tendências futuras para saúde e energia

Essa situação ocorre devido a uma série de fatores principalmente devido ao crescimento populacional acelerada. A Agência Internacional de Energia projeta que esse número diminuirá muito gradualmente numa taxa de menos 1% ao ano.

Uma em cada quatro pessoas no mundo hoje obtenha sua luz exclusivamente com o uso de querosene ou outros combustíveis, velas e tochas movidas a bateria (além de um número adicional desconhecido em regime de meio período). Sendo que, os usuários de iluminação a querosene, por exemplo, pagam 150 vezes mais por unidade de serviços de energia útil do que aqueles em casas eletrificadas com lâmpadas fluorescentes compactas

Estima-se que, no total, a iluminação baseada em combustível custa aos “mundos dos pobres” cerca de 38 bilhões de dólares a cada ano, além da emissão de mais ~ 190 megatons do gás do efeito estufa CO2. Essa quantidade emite de gás do efeito estufa é maior que cerca de 192 países. Não devemos esquecer que o aquecimento global tem afetado diretamente como Brasil cuja iluminação tinha como base a energia elétrica de hidrelétrica, hoje também contribuição para aumentar os gases do efeito estufa. A energia elétrica de nosso dia a dia, com a redução do volume de água das hidrelétricas, está vindo das termoelétricas que queimam combustíveis fósseis, como diesel.

Por outro lado, muitos esforços têm executados para tratar essa situação, principalmente no uso de tecnologia capazes de melhorar as condições da luz bem como melhorar o meio ambiente. Uma das tecnologias que vem sendo usada são as lâmpadas de luz branca de LED. Com a luz branca de LED é criar sistemas de iluminação compactos, altamente acessíveis, robustos e econômicos, alimentados por pequenos painéis solares e baterias recarregáveis. O uso de luz branca de LED é uma maneira de economizar energia elétrica, pois seu consumo é muito baixo.

Dessa forma, com a aquisição de placa solares cada vez mais baratas é possível instalar luzes de LED em praticamente toda a casa e economizar energia elétrica e ajudar na sustentabilidade do planeta.

Fonte:

The lumina project

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *