Como é feito o tratamento de água potável

Água potável

A água que chega em nossas torneiras depois de captada de rios ou poços passa por um processo de tratamento, com o objetivo de deixá-la potável. A água captada é levada por bombas para uma estação de tratamento, onde passa por várias etapas, divididas em químicas e biológicas:

Leia também

A necessidade de novos parâmetros para água potável

Retirando esteroides da água potável

Ainda 1/3 do mundo não tem acesso a água potável

Urina pode virar água potável?

Oxidação: a primeira etapa do processo é misturar cloro para oxidar os íons metálicos presentes na água, principalmente os íons de ferro e o manganês.

Coagulação e Floculação: para retirar o material em suspensão da água é adicionado o coagulante sulfato de alumínio, um coagulante que possui propriedades que ajudam a formar flocos gelatinosos, que vai servir para unir as impurezas suspensas e facilitar sua remoção. Esta etapa tem como objetivo a clarificação da água, com a retirada das partículas em suspensão e dissolvidas na água, através da absorção pelos flocos.

Decantação: Para que o material floculado seja separado a água passa lentamente por decantadores, permanecendo assim de 2 a 3 horas. Esse processo facilita que os flocos de impurezas se depositem no fundo do decantador. Mais modernamente, o material floculado é retirado com a auxílio de aeradores.

Filtração: após passar pelos decantadores, a água vai para filtros para a retirar o restante do material floculado entre outras impurezas. Os filtros são formados por camadas de carvão ativado, que retira o odor e o sabor das substâncias químicas utilizadas. Por areia, que filtra as impurezas restantes e por cascalho que tem a função de sustentar a areia e o carvão.

Desinfecção: o cloro é usado para a destruição de micro-organismos presentes na água. A ozonização e a exposição à radiação ultravioleta também podem ser usadas nesse processo.

Fluoretação: depois de ser filtrada, a água já está potável, nessa etapa é adicionado cloro e o flúor para a prevenção de cáries.

Correção do pH: nessa etapa, se necessário, é adicionado mais cal hidratado para a correção do pH. A neutralização do valor de pH é feita com adição de água de cal. Essa substância tem como objetivo neutralizar o pH ácido gerado pela adição do sulfato de alumínio. O ideal é um pH entre 6,9 e 7,5.

Ortopolifosfato de Sódio: é acrescentado na última etapa, para proteger a tubulação contra a corrosão e a oxidação.

Tratamento de água
                                             Sistema de Tratamento de água. Fonte: http://aguasdemassarandubasc.com.br/institucional/processo-de-tratamento-de-agua

Finalmente, a água tratada está pronta para ser distribuída por bombeamento e consumida pela população.

Fonte:

https://www.todamateria.com.br/tratamento-de-agua/

Sanep

Águas de Massaranduba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *