Ícone do siteClube da Química

Os dois lados dos plásticos

plástico usos

Então, quais são os dois lados dos plásticos? Quando foram criados os plásticos vieram como uma solução que substituiu muitos materiais explorados da natureza, como madeiras, marfim para fazer bolas de bilhar, entre outros. Hoje em dia, dificilmente a gente consegue olhar ao redor e não observar a presença de plástico. Ou seja, o plástico é um vício que não conseguimos nos livrar. Eu costumo pensar que o plástico tem um lado bom e lado mal (ou yin-yang).

Qual o lado bom dos plásticos?

Bom, quando você vai os hospitais modernos e lá você vai observar que os cirurgiões conseguem o melhor desempenho no tratamento de muitas doenças graças ao plástico. Por exemplo, articulações artificiais de plástico que surgiram nos anos 90 com a disponibilidade de polímeros mais fortes já substituem cartilagens articulares danificadas.

Como o metal, os plásticos conseguem diminuir a dor de muitos pacientes; ou seja, o plástico  literalmente salva vidas.  Por exemplo, todos os anos cerca de 600 mil pessoas no mundo vivem mais graças a peças do marcapasso feitas com plásticos. Nos desfibrilador cujos choque salvam vidas no mundo inteiro tem peças de plásticos. Além disso, no mundo mais de 10 milhões de pessoas se beneficiam de plásticos auditivos e cerca de 35 milhões de diabéticos são mantidos vivos graças a seringas plásticas descartáveis.

Bom, o poderíamos  fica aqui escrevendo para você maravilhas e maravilhas sobre o plástico mas acredito que você tenha entendido o lado bom do plástico.

Qual o lado mal dos plásticos?

Se você procurar na internet por “Great pacific garbage patch” (A grande ilha de lixo do oceano pacífico), você irá encontrar uma mancha de lixo no mar com cerca de 80.000 toneladas de plástico só nessa região.  Essa área tem cerca de 1,6 milhão de quilômetros quadrados do Oceano Pacífico Norte e alguns estudos sugerem que a quantidade total de microplásticos já totaliza mais de 1,8 trilhão de peças. Mas, De onde vem os plásticos nos oceanos. Descubra aqui neste post.

Portanto, a presença do plástico hoje mancham em nossas paisagens. A princípio, descantam-se toneladas e toneladas anualmente e indiscriminadamente em todo os nossos ambientes.

É possível encontrar facilmente as famigeradas garrafas PET em corpos hídricos de pequeno porte a oceanos. Verdadeiros paraísos ecológicos são contaminados pelos plásticos. Enfim, qual a questão da presença dos plásticos no ambiente?

Existe sim uma esperança para que o plástico continue nos ajudando e sem contaminar o meio ambiente. Mas como você pode fazer isso. Os posts abaixo te ajudam a entender quais soluções você pode ajuda o meio ambiente na luta contra o plástico. Veja aí:

Considerações finais

Espero que você tenha descoberto os lados yin-yang dos plásticos. Mas caso ainda tenha dúvida não pense duas vezes faça parte da comunidade do Clube da Química para receber nossas novidades. Assim, nos siga em nossas redes sociais no:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

B1withearth

Sair da versão mobile