Ícone do siteClube da Química

Será que a tecnologia venceu o quadro de giz

Dr Genilson Pereira Santana

Será que a tecnologia venceu o quadro de giz? O que você acha? Bom, dentre as experiências que um professor do século XX vive com alunos do século XXI sem sombras de dúvidas está a tecnologias da informação (TI).

Então, antes da pandemia o tipo de ensino, principalmente no sistema público, baseava-se no quadro de giz. Em princípio, a maioria dos professores atuais se tornaram professores assim. Ou seja, o seus professores os ensinaram a serem professores usando o quadro de giz.

Mas, estamos no século XXI em uma época com o domínio do celular e o sinal 5G. No século XXI o tipo de ensino deveria ter a mesma velocidade e tecnologia do sinal 5G. Mas, ainda existe muita luta contra o uso da tecnologia em salas de aulas.

Hoje, vejo que meu colegas depois de pandemia estão retornando ao quadro com giz; ou seja para um grupo relativamente grande de professores tecnologia e educação ainda não se combinam. Ou melhor, observo que a única tecnologia que quase a unanimidade dos professores usam é o WhatsApp.

O primeiro ato do professor ao começar uma disciplina é criar o grupo de WhatsApp. Mas, todavia, o grupo é criado não para uma discussão do conteúdo como tirar dúvidas entre outras coisas. Então, basicamente o WhatsApp tem como função a comunicação de datas de provas e se haverá aula em determinado dia.

Dessa forma, o tipo de ensino usado pelos professores é a exposição da matéria e cobrança via WhatsApp.

Porque não evoluímos para o ensino tecnologia

Quando a pandemia chegou pegou todo mundo de surpresa. Porque aquela comodidade ou preguiça ou medo da tecnologia tinha que ser encarada de frente. Mas o que fizeram os gestores públicos? Atribuíram às deficiências de infraestrutura crônica das escolas brasileiras e suspenderam as aulas, por diversas razões. É claro que a principal delas é a falta de recursos para educação.

Por outro lado, os professores acharam cômodo ficarem em casa por medo da tecnologia e da Covid. Como resultado os alunos não tiveram a chance de aprenderam a aprender com a tecnologia. E os professores não aprenderam a ensinar com a tecnologia.

Assim, hoje vivemos um momento de ressaca em que tecnologia e educação ainda estão distantes das salas de aulas. Até quando eu não sei.

Mas respondendo a pergunta Será que a tecnologia venceu o quadro de giz. O que você responderia?

Enquanto isso

Acesse nossos posts sobre tecnologia e ensino.

Considerações finais

Então, espero que você concorde comigo as respeito do tipo de ensino que o Brasil tem atualmente.  Mas caso ainda tenha dúvida, não pense duas vezes junte-se a comunidade do Clube da Química para receber nossas novidades além de tirar suas dúvidas. Assim, conecte-se nas nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Sair da versão mobile