Ícone do siteClube da Química

Quem foi a cientista inglesa Rosalind Elsie Franklin

Rosalind Elsie Franklin

Quem foi Cientista inglesa Rosalind Elsie Franklin é um artigo sobre essa grande pioneira da biologia molecular.  Então, Rosalind nasceu a 25 de julho de 1920, em Londres. Mas, ela morreu em 16 de abril de 1958, também em Londres, vítima de cancro nos ovários.

Mas, qual a relação dessa pioneira no estudo de Biologia Molecular com a química, você está se perguntando. Ela foi responsável pela maior parte do trabalho de pesquisa que conduziu à descoberta da estrutura do DNA.

Vamos a pouco de história

Em 1938,  Rosalind Elsie Franklin formou-se em 1941 na Universidade de Cambridge. Em seguida, ela continua ma mesma universidade e seis anos termina doutorado em microestruturas de carbono e de grafite. Por conseguinte, nos três anos seguintes, em Paris, ela se dedicou aos seus estudos da utilização da técnica de difração de raios X.

Quando começou o trabalho com DNA?

Em 1951, ela regressa a Inglaterra, como cientista associada, a convite do King’s College de Londres, para estudar o DNA. Então, James Watson, Francis Crick e Maurice Wilkins utilizaram os resultados do estudo da cristalografia de Rosalind Elsie Franklin para propor o modelo conhecido da dupla hélice da estrutura molecular do DNA.

Dessa forma, o estudo de Rosalind Elsie Franklin tornaram possível o Prêmio Nobel da da Fisiologia e da Medicina agraciado a James Watson, Francis Crick e Maurice Wilkins  em 1962. 

Além disso, Rosalind Elsie Franklin investigou em Birkbeck College, Londres, trabalhos sobre as moléculas de carbono e de vírus.

5 fatos sobre Rosalind Elsie Franklin que você deveria saber

1. Rosalind Elise Franklin era uma biofísica

Rosalind Elsie Franklin nasceu em julho de 1920 e desde muito jovem sabia que queria ser cientista. Então, mantendo o foco durante toda a escola, ela foi aceita na Universidade de Cambridge. Dessa forma, ela estudou Ciências Naturais e se formou com honras de segunda classe. Mas, isso foi um fato incrivelmente frustrante para Rosalind Elsie Franklin. Porque ela era uma perfeccionista conhecida.

2. Ela estudou carvão

O carvão foi uma fonte vital de combustível para a Grã-Bretanha durante a 2ª Guerra Mundial. Por ser poroso como uma esponja e seus túneis serem um aspecto importante sobre a eficiência de uma fonte de combustível, Rosalind Elsie Franklin foi capaz de classificar os tipos de carvão e relacionar isso com seu desempenho de queima de combustível.

Dessa forma, Rosalind Elsie Franklin descobriu que os poros do carvão tinham aproximadamente o mesmo tamanho das moléculas de gás, o que significava que o carvão poderia ser usado como uma peneira molecular para separar diferentes moléculas. Então, as peneiras moleculares à base de carbono são usadas para muitas coisas, incluindo a extração de oxigênio do ar.

3. Difração de raios X e DNA

Em 1947, Rosalind Elsie Franklin mudou-se para Paris e trabalhou com Jacques Mering no laboratório central do governo francês, onde Mering estava mergulhando profundamente na difração de raios X de sólidos amorfos – ou seja, sólidos como o carvão sem estrutura cristalina regular. Foi no laboratório de Mering que Rosalind Elsie Franklin se tornou especialista em difração de raios X e, depois de voltar para Londres em 1951, montou equipamentos de raios-x para obter as melhores imagens de difração de raios-x que o King’s College University of London já havia visto.

A partir dessas imagens, Rosalind Elsie Franklin fez sua primeira revelação fundamental, descobrindo um segundo tipo de DNA (B-DNA) que antes ninguém suspeitava que existisse. Ela descobriu que, quando o DNA é exposto a altos níveis de umidade, sua estrutura muda. Hoje sabemos que o B-DNA é a versão primária que fica nas células vivas, onde há um ambiente muito úmido.

4. Ela tem um asteróide com o nome dela

Em 1997, um astrônomo amador australiano chamado John Broughton descobriu um asteroide no Observatório Reedy Creek em Queensland, Austrália. Ele chamou sua descoberta de ‘9241 Rosfranklin’ em homenagem a Rosalind Elsie Franklin.

O asteroide é um asteroide do cinturão principal, o que significa que ocupa a região do Sistema Solar localizada aproximadamente entre as órbitas dos planetas Marte e Júpiter.

5. Ela ajudou a lançar as bases para o campo da virologia estrutural

Entre 1953 e 1958, Rosalind Elsie Franklin trabalhou no Laboratório de Cristalografia do Birkbeck College em Londres. Então, nesse laboratório  que ela completou seu trabalho sobre carvão e DNA.

Ela iniciou um novo projeto com foco no estudo da estrutura molecular do vírus do mosaico do tabaco. Por meio desses estudos ela conseguiu revelar que o ácido ribonucléico (RNA) naquele vírus estava embutido em sua proteína e não em sua cavidade central. Provando assim que este RNA é uma hélice de fita simples, em vez da hélice dupla padrão encontrada no DNA de vírus bacterianos e organismos superiores.

Considerações finais

Então, o assunto “Quem foi a cientista inglesa Rosalind Elsie Franklin” foi interessante  Então, você deve descobrir mais sobre as mulheres na ciência aqui no Clube da Química. Acesse os seguintes posts:

Mas, caso ainda tenha dúvida, não pense duas vezes junte-se a comunidade do Clube da Química para receber nossas novidades além de tirar suas dúvidas. Assim, conecte-se nas nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

Biologo

Brasil Escola

Discovery Diaries

Galileu

Infopedia

Unicentro

 

Sair da versão mobile