Não-metais

Os não-metais são um grupo de elementos da tabela periódica. Eles localizam-se à direita dos metalóides e à esquerda dos halogênios. Então, esses elementos são geralmente chamados de “outros não-metais”, pois os halogênios e os gases nobres também não são metais. Os outros não-metais são alguns dos elementos mais abundantes no universo, incluindo a crosta terrestre, a atmosfera e o corpo humano. 

Quais elementos são não-metais?

Então! Consideram-se como elementos não-metais hidrogênio, carbono, nitrogênio, fósforo, oxigênio, enxofre  e selênio. Por outro lado, nitrogênio e fósforo estão incluídos no subgrupo de pnictogênios. Oxigênio, enxofre e selênio estão incluídos no subgrupo calcogênios. 


Quais são as propriedades similares dos não-metais? 

Os não-metais compartilham muitas propriedades semelhantes, por exemplo:

  • Eles são ou gás (hidrogênio, oxigênio, nitrogênio) ou sólido (carbono, enxofre) sob condições padrão.
  • Não são bons condutores de eletricidade ou calor.
  • São muito frágeis em sua forma sólida.
  • Não são maleáveis ​​ou dúcteis.
  • Geralmente têm densidades mais baixas que os metais.
  • Eles têm pontos de fusão e ebulição mais baixos que os metais. A única exceção é o carbono.
  • Têm altas energias de ionização.

Ordem de Abundância 

Dessa forma, os outros não-metais são alguns dos elementos mais abundantes no universo. O hidrogênio, por exemplo, é o elemento número um mais abundante com oxigênio, carbono e nitrogênio. Então, o nitrogênio e oxigênio compõem a maior parte da atmosfera da Terra, com nitrogênio representando 78% e oxigênio em torno de 21%. 

Os quatro elementos mais abundantes em massa no corpo humano são outros não-metais, incluindo oxigênio (65%), carbono (18%), hidrogênio (10%) e nitrogênio (3%). Nesse contexto, o mais abundante dos outros não-metais é o oxigênio, sendo considerado, portanto, o elemento mais abundante na crosta terrestre. 


Fatos interessantes sobre os não-metais

  • A água é composta sobretudo por dois não-metais, oxigênio e hidrogênio.
  • Mesmo contando os halogênios e os gases nobres, existem apenas 18 elementos na tabela periódica que são considerados não-metais.
  • Muitos não-metais podem obter propriedades metálicas sob pressões muito altas.
  • O selênio recebe o nome da palavra grega “selene”, que significa “lua”.
  • O carbono é o elemento mais importante para a existência da vida na Terra.

Fonte: Ducksters Education Site