O que a famosa pintura de Lavoisier esconde?

Quadro de Lavoisier e Esposa

No início da década de 1780, Jacques Louis David (1748-1825) era um pintor da moda dentro da burguesia parisiense. Passado pela Académie de France em Roma, suas telas representam temas antigos que o tornaram o mestre do neoclassicismo, ao mesmo tempo que foi o retratista da alta sociedade. Por causa de sua fama, Jacques Louis David foi convidado a pintar o retrato daquele que é considerado o pai da Química moderna.

A esposa de Lavoisier que foi aluna de Jacques Louis David encomendou a ele uma pintura do casal pela considerável soma de torneios de 7.000 libras. Naquela época Lavoisier investia sua fortuna em pesquisa fundamental. Lavoisier morava no hotel du Grand Arsenal onde tinha um laboratório que provavelmente serviu de cenário para a pintura de Jacques Louis David. O quadro acabou sendo comprado por John Davison Rockefeller Junior em 1977 por US $ 4 milhões sendo posteriormente doado para o Metropolitan Museum of Art de Nova York.

Leia também

LavoisierApp ensina estequiometria

As contribuições de Lavoisier

Lavoisier: um Químico e homem de coração

A estequiometria segundo LavoisierApp

O tratado elementar de química de Lavoisier

O que é esse aplicativo chamado LavosierApp

Esta pintura não é apenas vista como um marco estilístico, mas também ousadamente utiliza um formato de corpo inteiro associado a assistentes reais para representar um casal aristocrático. Subestimando seu papel privilegiado como coletores de impostos ricos e destacando seu status de cientistas progressistas, Jacques Louis David os apresenta como pensadores racionais unidos em uma pose casual e até afetuosa que indica o papel bem documentado de Madame Lavoisier na prática científica de seu marido.

Apesar de muito famosa por causa de Lavoisier o quadro que é uma pintura famosa do neoclassicismo para estudiosos e para o público, nunca tinha sido submetida a imagens em profundidade ou análises químicas. Na verdade, não existiam estudos técnicos aprofundados publicados sobre as pinturas deste importante do pintor Jacques Louis David.

Em um estudo mais recente publicado no periódico Heritage Science, pesquisadores mostraram que a primeira versão do quadro retratava não um casal progressista e de mentalidade científica que vemos hoje, mas sua outra identidade, a de coletores de impostos ricos e consumidores de luxo da moda. A primeira versão e as mudanças na composição são colocadas no contexto do domínio de Jacques Louis David da técnica de pintura a óleo. Os pesquisadores ao examinar como Jacques Louis David escondeu características coloridas na primeira composição usando misturas de tinta que permitiram a cobertura máxima com camadas de tinta finas.

Figura mostrando as alterações no quadro de Lavoisier e sua esposa
Figura mostrando as alterações no quadro de Lavoisier e sua esposa

O retrato de Lavoisier e sua esposa é uma obra que respondeu às circunstâncias históricas em rápida mudança em que o artista e seus assistentes se encontraram à beira da Revolução Francesa. Embora Madame Lavoisier tenha sobrevivido ao reinado de terror, o gênio de Lavoisier não o salvou da guilhotina em 1794. Além de aprofundar nossa compreensão da mudança de identidade social dos Lavoisiers, essa descoberta também reenquadra um artista que ajudou a formular o neoclassicismo francês.

Fonte:

L´Histoire par L´Image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *