A classe dos hidrocarbonetos

Existe uma grande classe de compostos químicos importantes cujas moléculas são compostas inteiramente de átomos de carbono e hidrogênio. Esses compostos, como um grupo, são chamados de hidrocarbonetos.

Leia também

Revista hidrocarbonetos

Nossos hidrocarbonetos do dia a dia

Hidrocarbonetos

Nomenclatura dos hidrocarbonetos

Os hidrocarbonetos são as moléculas críticas de armazenamento de energia em todos os principais tipos de combustíveis fósseis (incluindo carvão, petróleo e gás natural) e biocombustíveis. Eles também formam a matéria-prima para os processos de produção de muitos tipos de plásticos.

A queima de hidrocarbonetos na presença de oxigênio (O2) produz dióxido de carbono (CO2) e água (H2O). Se houver muito carbono ou pouco oxigênio presente quando os hidrocarbonetos são queimados, também pode ser emitido monóxido de carbono (CO). Às vezes, os hidrocarbonetos não queimados são liberados no ar durante a combustão incompleta.

A queima de combustíveis fósseis, incluindo gasolina em motores de automóveis, libera alguns hidrocarbonetos no ar. Em um ambiente urbano típico, a concentração atmosférica de hidrocarbonetos é de cerca de 3 ppm (partes por milhão). Alguns hidrocarbonetos, juntamente com outros tipos de compostos orgânicos voláteis (COV), contribuem para a formação de poluição fotoquímica.

Os átomos de carbono nos hidrocarbonetos geralmente formam cadeias longas ou estruturas em anel. Alguns dos hidrocarbonetos de que você já ouviu falar incluem metano (CH4), butano (C4H10), propano (C3H8), benzeno (C6H6), etano (C2H6) e hexano (C6H14).

Fonte:

UCAR