Hidrocarbonetos

O nome hidrocarboneto vem da presença de hidrogênio e carbono na estrutura molecular. O carbono fica no meio do grupo principal da tabela periódica, tendo como característica o compartilhamento dos quatros elétrons da camada de valência.

Conforme o tipo de ligações existentes entre os átomos de carbono eles podem ser classificados em alcanos, alcenos, alcinos, alcadienos, cicloalcanos e aromáticos.

Alcanos

Os alcanos são compostos que possuem apenas ligações simples entre os átomos de carbono da cadeia. São também chamados de parafinas que do latim significa: com pouca afinidade. Isso se deve ao fato de serem pouco reativos. Os alcanos possuem uma fórmula química geral representada por CnH2n+2. Os cicloalcanos possuem praticamente as mesmas características, porém possuem uma cadeia fechada ou cíclica, porém sua fórmula geral é CnH2n.

Leia também
As bolas de carbono
Revista hidrocarbonetos
Queimadas
Não-metais
Grafeno é mais forte que o diamante, mas o que ele pode fazer?

Alcenos

Os Alcenos, também conhecidos como alquenos ou olefinas, são hidrocarbonetos alifáticos insaturados, que apresentam, em sua molécula, uma ligação dupla entre seus átomos de carbono. Os alcenos mais simples, que apresentam apenas uma ligação dupla, cuja fórmula geral é CnH2n.

Alcinos

Os alcinos ou alquinos são os hidrocarbonetos acíclicos que contêm, no mínimo, uma tripla ligação; com fórmula geral CnH2n-2, sendo n maior ou igual que dois.

Alcadienos

Os alcadienos (também chamados de dienos ou diolefinas) sã hidrocarbonetos alifáticos insaturados por duas ligações duplas. A fórmula geral desses hidrocarbonetos é CnH2n-2.

Hidrocarbonetos aromáticos

Hidrocarbonetos aromáticos são compostos orgânicos formados exclusivamente por átomos de carbono e hidrogênio. Apresentam obrigatoriamente uma estrutura básica (anel ou núcleo aromático) composta por cadeia fechada, seis átomos de carbono e três ligações duplas (formada por uma ligação pi e uma sigma) alternadas.

As ligações duplas alternadas presentes no benzeno sofrem um efeito de ressonância no qual as ligações pi (de cada uma dessas duplas) trocam de posição constantemente, o que é representado por um círculo no interior do hexágono (vide imagem acima). Assim, temos que a estrutura básica de um hidrocarboneto aromático apresenta uma fórmula molecular igual a C6H6.

Fonte: Citizen