O que é Equilíbrio Químico – Enem

Equilíbrio Químico

Equilíbrio químico é uma condição no curso de uma reação química reversível na qual não ocorre nenhuma alteração nas quantidades de reagentes e produtos. Uma reação química reversível é aquela em que os produtos, assim que se formam, reagem para produzir os reagentes originais. No equilíbrio, as duas reações opostas apresentam a mesma velocidade e, portanto, não há alteração nas quantidades de substâncias envolvidas. Neste ponto, a reação pode ser considerada estacionária ou concluída; isto é, para alguma condição de reação especificada, a conversão máxima de reagentes em produtos foi atingida.

As condições que dizem respeito ao equilíbrio podem receber uma formulação quantitativa. Por exemplo, para a reação reversível A ⇋ B + C, a velocidade da reação à direita, r1, é dada pela expressão matemática (com base na lei da ação de massa) r1 = k1(A), em que k1 é a velocidade de reação constante e o símbolo entre parêntesis representa a concentração de um. A velocidade da reação à esquerda, r2, é r2 = k2(B) (C). No equilíbrio, r1 = r2, portanto:

    \begin{displaymath}k_1(A)_e =k_2(B)_e(C)_e\end{displaymath}

ou

    \begin{displaymath}k_1/ k_2=(B)_e(C)_e/(A)_e=K.\end{displaymath}

O subscrito e representa as condições em equilíbrio. Para uma dada reação, em alguma condição especificada de temperatura e pressão, a razão das quantidades de produtos e reagentes presentes no equilíbrio, cada um elevado às suas respectivas potências, é uma constante, designada a constante de equilíbrio da reação e representada pelo símbolo K. O valor da constante de equilíbrio varia com a temperatura e pressão de acordo com o princípio de Le Chatelier.

Aprenda mais

Equilíbrio Químico – Ebook Gratuito

 

Por métodos de mecânica estatística e termodinâmica química, pode ser mostrado que a constante de equilíbrio está relacionada à mudança na quantidade termodinâmica chamada de Gibbs padrão energia livre acompanhando a reação. A energia livre de Gibbs padrão da reação, ΔG, que é a diferença entre a soma das energias livres padrão dos produtos e dos reagentes, é igual ao logaritmo natural negativo da constante de equilíbrio multiplicado pela constante de gás R e a temperatura absoluta T:

    \begin{displaymath}\Delta G^o = RTlnK.\end{displaymath}

A equação permite o cálculo da constante de equilíbrio, ou as quantidades relativas de produtos e reagentes presentes no equilíbrio, a partir de valores medidos ou derivados de energias livres padrão das substâncias.

Fonte: 

Britânica

Equilíbrio Química – EbooK Genilson Pereira Santana

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *