A fenolftaleína e o Prêmio Nobel

Fenolftaleína

A fenolftaleína e o Prêmio Nobel. Então quando pensamos em prêmio Nobel a primeira coisa que nos vem à cabeça são pessoas como Einstein. Além disso, todos os anos sabemos que alguém será escolhido para receber o prêmio Nobel.

Em um primeiro momento, você pensar o que uma pessoa fez para merecer o prêmio Nobel. Em princípio, o que Alfred Nobel queria reconhecer a relevância das pessoas por benefícios a humanidade. Por se tratar de uma premiação, muitas as vezes, nós pensamos no valor que a pessoa ganhou. Por outro lado, poucas vezes a extensão do benefício que um ganhador do prêmio Nobel fica em segundo plano.

Nesse sentido, vamos mostrar uma extensão do benefício de um ganhador do prêmio Nobel. Nesse caso vamos falar do alemão Johann Friedrich Adolf von Baeyer. Então, Johann Friedrich Adolf von Baeyer foi um grande químico

Johann Friedrich Adolf von Baeyer
Johann Friedrich Adolf von Baeyer

orgânico alemão de sua época, ele recebeu o Prêmio Nobel de Química em 1905 por suas pesquisas sobre corantes orgânicos e compostos hidroaromáticos. Todavia, as pesquisas mais famosas foram suas sobre a constituição e síntese do pigmento vegetal índigo (1883), a descoberta do ácido barbitúrico (1863), fenolftaleína e fluoresceína (1871), e a “teoria da cepa” das ligações triplas e pequenos anéis de carbono. Olha que detalhe três de seus alunos: E. Fischer, E. Büchner e R. Willstätter também ganharam prêmios Nobel.

O que é fenolftaleína?

A fenolftaleína é um indicador de pH com a fórmula C20H14O4. Apresenta-se normalmente como um sólido em pó branco ou em solução alcoólica como um líquido incolor. É pouco solúvel em água, porém solúvel em etanol (álcool etílico). É utilizado para medir o pH (acidez ou alcalinidade) de soluções. A sua cor muda a valores de pH entre pH 8,2 e 9,8. A abaixo temos a mudança de cor da fenolftaleína conforme a mudança do valor de pH.

Ei pessoal não podemos esquecer de outros indicadores, por exemplo, os indicadores universais. Veja o post “como são os indicadores universais” para saber mais.

Aplicações da fenolftaleína

Laboratório de Química

Então, todo química considera a fenolftaleina um indicador indispensável nos laboratórios de Química. Dessa forma, em praticamente todos os cursos de química utiliza-se a fenolftaleína para fazer pelos menos uma titulação ácido-base como um indicador.

Além disso, não podemos esquecer que o Johann Friedrich Adolf von Baeyer deu aos professores uma ferramenta incrível de ensino. Essa ferramenta é a mudança de cor de uma substância apenas com a mudança do valor de pH. No post “Porque você deve fazer experimentos de Química” mostro a razão de apresentamos em um experimento a mudança para o entendimento da Química. Veja lá

Na medicina

Então, por mais de um século a humanidade usou a fenolftaleína como laxante. No entanto, agora está sendo removido dos laxantes de venda livre devido às preocupações que giram em torno da carcinogenicidade. Todavia, observou-se que a fenolftaleína causa câncer em animais, com base em estudos. Isso levantou suspeitas sobre o uso de fenolftaleína por humanos. No entanto, estudos também mostraram que a fenolftaleína não aumenta o risco de desenvolver câncer.

Verificou-se que a fenolftaleína impede o influxo de cálcio celular humano por meio da entrada de cálcio operada por armazenamento.

Outros efeitos potenciais causados pela exposição à fenolftaleína são irritação dos olhos, irritação da pele, febre por ingestão, aumento da pressão arterial e irritação do trato respiratório.

Teste de carbonatação do cimento

O teste de carbonatação é realizado por coloração com fenolftaleína. A carbonatação do concreto esgota a camada de passivação ao redor do aço de reforço por meio da redução do pH. O teste de carbonatação é essencialmente um teste de pH que indica a profundidade dos efeitos de redução do pH da carbonatação no elemento de concreto.

Para realizar o  teste você simplesmente pulveriza a solução de fenolftaleína no concreto com fraturas. Uma mudança de cor para rosa ou roxo indicaria que o concreto não é carbonatado, enquanto nenhuma mudança na cor indicaria que ocorreu carbonatação.

carbonatação 1carbonatação carbonatação

Uma frente de carbonatação atingir as profundidades do aço de reforço indicaria, sobretudo, um maior potencial para atividade corrosiva. Uma determinação química do pH em pó ou amostras removidas da profundidade do aço de reforço indicaria numericamente o pH em vez de um indicador visual.

Portanto, como podemos ver o químico alemão Johann Friedrich Adolf von Baeyer descobriu a fenolftaleína que ganhou o mundo e está até hoje sendo utilizada. Em princípio, não conheço um aluno que tenha passado em laboratório de química e não tenha usado a fenolftaleína. E ai, você já usou fenolftaleína na vida, coloque nos comentários????

Fonte

Isignet

MakeaGif

Mundo Educação

Peritos

Protonstalk

Science Direct

Wikipedia

World of Chemicals

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.