Como representar os Isótopos na química

Papo de isotopo

Como representar os Isótopos na química. Então, primeiro devemos saber o que seja isótopos. Dessa forma, isótopos: São átomos de um mesmo elemento químico que possuem a mesma quantidade de prótons (mesmo número atômico), mas diferenciam-se pelo número de massa (A = prótons + nêutrons).  Neste contexto, o seu número de massa é diferente porque a quantidade de nêutrons no núcleo é diferente. Por exemplo, o carbono possui três isótopos naturais, que são: i) 6C12 (carbono-12): 98,89% (abundância na natureza) – possui seis prótons e seis nêutrons no núcleo; ii) 6C13 (carbono-13): 1,01 a 1,14% (abundância na natureza) – possui seis prótons e sete nêutrons no núcleo; e iii) 6C14 (carbono-14): traços (abundância na natureza) – possui seis prótons e oito nêutrons no núcleo.

 

A Figura abaixo mostra como devemos representar os elementos químicos.

Em princípio, o nome dos isótopos é geralmente escrito da seguinte forma: nome do elemento + número de massa. Dessa forma, os únicos isótopos que possuem nomes próprios são os isótopos do hidrogênio, que são: i) 1H1: prótio ou hidrogênio (possui 1 próton e nenhum nêutron – 99,985%); ii) 1H2: deutério ou hidrogênio pesado (possui 1 próton e 1 nêutron – 0,015%); e iii) 1H3: trítio ou hidrogênio superpesado (possui 1 próton e 2 nêutrons – traços).

isotopo hidrogenilsn

Leia também

Distribuição eletrônica

Tabelas periódicas para moléculas

A Origem dos nomes dos orbitais s, p, d e f

Fonte:

Manual de Química

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.