Você sabia que hidrogênio e hélio são gêmeos?

Gemeos-helio-e-hidrogenio

Então, aqui na Terra temos uma noção muito boa de quantos elementos da Tabela Periódica estão por aqui. Mas quando se pensa em universo, a coisa muda de figura. Ai vem a pergunta, qual o elemento é mais abundante?

A princípio, você deve ter olhado para o título deste post e, imediatamente, pensou. Ora é o hidrogênio ou hélio. Sim, o elemento mais abundante no universo, segundo os cientistas é o hidrogênio. Agora, devo falar para você como Químico, que fico admirado que o menor elemento da Tabela Periódica me surpreende.

Hoje, esse elemento é, por exemplo, uma saída para a questão ambiental do aquecimento global, sem contar que ele um dos principais elementos da vida. Ou seja, sua presença na molécula da água (H2O) nos diz tudo. Para nós voltamos ao assunto deste post, convido você a descobrir mais sobre o hidrogênio na lista de post abaixo. Boa leitura.

Por outro lado, o hélio não fica atrás, porque ele tem participação efetiva na história da humanidade. Para nós voltamos ao assunto deste post, convido você a descobrir também mais sobre o hélio na lista de post abaixo. Boa leitura.

O hidrogênio na formação universo

Nas primeiras décadas do século XX, estudos sobre a abundância dos elementos no sistema solar mostraram que o hidrogênio e o hélio eram mais abundantes que todos os outros elementos conhecidos na época. Por causa desse fato, os astrônomos e físicos da época especularam sobre a possibilidade do hidrogênio ser o precursor dos outros elementos.

Então, uma consequência dessas observação foi a teoria do Big Bang e a formação do universo.  Bom, entre cerca de 10-12 e 10-6 segundos após o Big Bang, neutrinos, quarks e elétrons se formaram. Prótons e nêutrons começaram a se formar logo depois, cerca de 10-6 a 1 segundo após o Big Bang. Cerca de 3 minutos após o Big Bang, as condições esfriaram o suficiente para que esses prótons e nêutrons formassem núcleos de hidrogênio. Então, podemos chamar Isso de era da nucleossíntese.

Alguns desses núcleos também se combinaram para formar hélio, embora em quantidades muito menores (apenas alguns por cento). Mas após cerca de 20 minutos, a nucleossíntese terminou e nenhum outro núcleo pôde se formar.

hidrogênio e hélio

Teoria de como se formou o universo. Antes só haviam núcleos e elétrons. Na formação do universo os elementos começaram a se formar.

Como a teoria começou?

Essa especulação ganhou força na década de 30, quando Hans Bethe conseguiu transformar hidrogênio em hélio. Na década de 60, Fred Hoyle mostrou como elementos mais pesados seriam produzidos nas estrelas a partir do hidrogênio.

A descoberta de muitos processos de fusão nuclear nas estrelas na segunda metade do século XX e o modelo do Big Bang, proposto por Georges Lemaitre foram primordiais para explicar a abundância de deutério, um isótopo de hidrogênio, e do hélio, não só nas estrelas mas também no espaço. Segundo a teoria do Big Bang, os prótons e os nêutrons produzem os elétrons, neutrinos e fótons. Mais precisamente, os elementos primordiais formaram-se a partir do hidrogênio por meio de uma série de reações nucleares.

Aplicações de hidrogênio e hélio

A questão aqui é a seguinte: Como dois elementos tão simples se tornaram tão importantes para a humanidade. Então, apesar de conterem poucos elétrons, neutrons e prótons, hidrogênio e hélio tem aplicações que impulsionam a inovação ao longos do séculos da humanidade. Por exemplo, o transporte aéreo, as medidas de ressonâncias, o combustível.

Para você entender melhor elaboramos uma tabela com as aplicações desses dois importantes elementos.

HidrogênioHélio
Fabricação de fertilizantesEm balões e aeronaves
Refino de metaisEm ressonância magnética
Produzir metanolSoldagem a arco
Combustível de foquete e carrosNa indústria eletro-eletrônica
Remoção de enxofre de combustíveisDetectar fugas de gás
Hidrogenação de óleos e gorduras para produzir magarinasEquipamentos de mergulho
Aplicações criogênicasAcelerador de partículas
Indústria de corantesTecnologia militar

Considerações finais

Nossa como esse dois elementos participam intensamente da nossa vida. O interessante que o hidrogênio é um elemento tem uma reatividade alta. Por outro lado, o hélio é um gás nobre; ou seja, praticamente não reage com ninguém.

Portanto, você não pode considerar o hélio um elemento apenas inerte na natureza, você considerar que apesar de baixíssima reatividade ele está contribuindo para a nossa vida.

Espero te mostrados o mesmo lado de dois elementos químicos com propriedades diferentes, mas que segundo a teoria do Bing Bang nasceram juntos.

Até a próxima.

Fonte

Astronomy

Manual de Química

Prepara Enem

RW Engenharia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.