A substância do melhor cheiro do mundo

Aroma

Então, ficou curioso para saber qual a substância do melhor cheiro do mundo. Não é? Bom, vamos começa assim. Não há nada como o cheiro de baunilha fresca. Então, a baunilha não apenas adiciona um ótimo sabor a biscoitos e bolos, mas também em perfume natural ou colônia. Por outro lado, valoriza-se os grãos de baunilha nos círculos culinários, e muitos gourmets o consideram um ingrediente essencial para muitos pratos.

Então, considera-se a baunilha como o melhor cheiro do mundo. Mas o que você acha que está por trás desse cheiro tão conhecido? Antes temos que explicar melhor o porquê a baunilha ter o melhor cheiro do mundo. O que estamos falando para você vem de uma que está na revista científica Current Biology. Para ganhar esse prêmio entrevistaram-se 235 pessoas. Bom, recomendamos você a ler essa pesquisa.

Embora, as pessoas tenham escolhido a baunilha na pesquisa resolvemos, como químicos, buscar a substância que dar esse cheiro. Então, a substância responsável pelo cheiro agradável da baunilha é a vanilina (4-hidroxi-3-metoxibenzaldeído).

Mas não é a só a vanilina que dar o cheiro a baunilha. Um outro componente menor do cheiro da baunilha é o óleo essencial piperonal e o piperonal. Aqui não iremos falar dessas duas substâncias, porque estamos interessados na vanilina. Então, vamos lá saber mais sobre essa substância.

Como é a estrutura química da vanilina?

A vanilina um aldeído fenólico de fórmula molecular C₈H₈O₃. Tem como grupos funcionais um aldeído (carbonila C=O), um éter (OCH₃ ligado à cadeia) e um fenol (presença do anel benzênico).

Vanilina
Estrutura Química da vanilina

O que é vanilina para que serve?

Bom, a vanilina (C₈H₈O₃) é o principal componente da essência ou aroma de baunilha. Suas principais aplicações são na indústria de produtos alimentícios e farmacêuticas. Por exemplo:

  • Bebidas: pós para refrescos; refrigerantes; bebidas
  • Confeitaria: biscoitos; bolos; gomas de mascar; doces; chocolates
  • Laticínios: iogurtes; pudins; sorvetes
  • Fabricantes de fragrâncias
  • Indústrias farmacêuticas: xaropes medicinais; comprimidos

Quais espécies de plantas são usadas para obter a vanilina?

Em princípio, emprega-se uma espécie de planta a baunilha natural. Dessa forma, utilizam-se as seguintes espécies: Vanilla planifolia; Vanilla pompona; Vanilla tahitiensis.

As desvantagens da vanilina sintética

Devido ao alto preço, a vanilina natural é utilizada apenas em uma pequena aplicação com demanda especial, e o tipo químico sintético como substituto tem grande participação no mercado. A vanilina sintética (C₈H₈O₃) é normalmente preparada a partir de outras espécies diferentes à baunilha, como plantas ricas em eugenol, essência extraída do craveiro e coníferas.

No entanto, a vanilina sintética não se compara com a natural nos aromas, embora também tenha um aroma cremoso de extrato de baunilha, mas este último tem um sabor cremoso forte. Além disso, o processo de fabricação é fácil de causar poluição ambiental. 

Enquanto isso, a supervisão do uso de aditivos alimentares artificiais em muitos países foi fortalecida e a conscientização das pessoas sobre a segurança alimentar melhorou, o que leva à crescente demanda do mercado por vanilina natural. 

Fonte

Food Aditive

Nutrienta

Treinamento 24

Pinificacion Latam.Com

Wikipedia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.