O que são polímeros naturais e sintéticos

Plástico - polímeros

Quando nós olhamos a nossa volta vemos polímeros por todos os lados. Ou seja, os plásticos fazem parte de nossas vidas. Além dos plásticos, temos outros polímero, por exemplo, borracha todos eles de alguma forma são importantes para nós. Mas, afinal de contas você sabe o que é polímero?

Bom, os polímeros (derivado do grego, poli = muitas e meros partes) são macromoléculas que são formadas por unidades menores, chamadas de monômeros. Assim, os monômeros (meros) são ligados entre si por ligações covalentes que se repetem até temos um polímero. Então, para formar polímeros é necessário que seja realizada a reação chamada de polimerização. Assim, essa reação consiste em unir os monômeros entre si para formar um cadeia longa.

homopolímero e copolímero
Fonte: https://bloganaleticia.wordpress.com/2020/07/20/o-que-sao-polimeros/

A classificação de Polímeros

Bom,  podemos classificar os polímeros segundo sua categoria a saber, Polímeros Naturais, Sintéticos e Semissintéticos.

1. Polímeros Naturais

Eles ocorrem naturalmente e podemos encontra-los em plantas e animais. Por exemplo: proteínas; amido; celulose; e borracha. Além disso, nós temos também os polímeros biodegradáveis ​​que são chamados de biopolímeros.

2. Polímeros semi-sintéticos

Em princípios, eles derivam-se de polímeros naturais mas com modificações químicas. Por exemplo: nitrato de celulose; acetato de celulose.

3. Polímeros Sintéticos

Então, estes polímeros são artificiais e o mais conhecidos como plástico. Por exemplo, nylon-6, 6, poliéter etc.

Polimeros

Então, outra forma de classificar os polímeros é segundo a sua cadeia de Monômeros, dessa forma existe as seguintes classificações:

1. Polímeros Lineares

Bom, a estrutura de polímeros contendo cadeias longas e retas se enquadram nesta categoria. Por exemplo, o PVC, ou seja, o policloreto de vinila. Então, esse polímero linear  está presente principalmente na  fabricação de tubos e cabos elétricos.

2. Polímeros de cadeia ramificada

A principio, quando as cadeias lineares de um polímero formam ramificações, então, classifica-se esses polímeros como polímeros de cadeia ramificada. Por exemplo, polietileno de baixa densidade.

3. Polímeros reticulados

Agora, quando os polímeros  são compostos de monômeros bifuncionais e trifuncionais, eles têm uma ligação covalente mais forte em comparação com outros polímeros lineares. Por exemplo: baquelite e a melamina.

Então, existe também uma outra forma de classificar os polímeros dessa vez baseada na polimerização. Assim, existem dois tipos de polimerização: Polimerização de Adição (Por exemplo:, polietano;, Teflon;, cloreto de polivinila – PVC);  e Polimerização por Condensação: Por exemplo, Nylon-6, 6; perileno; poliésteres.

Além disso, existe uma classificação baseada em monômeros; ou seja, em homômero que um único tipo de unidade de monômero está presente (Por exemplo: polietileno) e heteropolímero ou copolímero que consiste em diferentes tipos de unidades monoméricas (Por exemplo: nylon-6, 6).

Finalmente, podemos classificar os polímero baseado em forças moleculares. Dessa forma, teremos os seguintes tipos de polímeros:

  • Elastômeros: São sólidos semelhantes a borracha, forças de interação fracas estão presentes. Por exemplo, borracha.
  • Fibras: Forte, resistente, alta resistência à tração e fortes forças de interação estão presentes. Por exemplo, nylon -6, 6.
  • Termoplásticos: Possuem forças de atração intermediárias. Por exemplo, cloreto de polivinila.
  • Polímeros termofixos: Esses polímeros melhoram muito as propriedades mecânicas do material. Ele fornece resistência química e térmica aprimorada. Por exemplo: fenólicos; epóxis; e silicones.

Alguns polímeros

Elastômeros ou Borrachas

Em princípios, os elastômeros são polímeros que podem ser naturais ou sintéticos. Além disso, a elevada elasticidade é sua principal característica. 

Plásticos

Os plásticos são formados através da combinação de vários monômeros. Geralmente, usa-se o petróleo como matéria-prima para a produção de plásticos. Os plásticos naturais ou sintéticos podem ser divididos em termorrígidos e termoplásticos.

As fibras

podem ser naturais ou sintéticas. A produção de fibras artificiais consiste na transformação química de matérias-primas naturais. Na natureza, as fibras podem ser obtidas de pelos de animais, como as sedas do bicho-da-seda, ou de caules, sementes, folhas e frutos, como o algodão e o linho. As fibras sintéticas são representadas pelo poliéster, a poliamida, o acrílico, o polipropileno e as aramidas.

Polímeros Biodegradáveis

. Os polímeros biodegradáveis são materiais que se degradam em dióxido de carbono, água e biomassa, como resultado da ação de organismos vivos ou enzimas. Em condições favoráveis de biodegradação, podem ser completamente degradados em semanas. Os polímeros biodegradáveis podem ser naturais ou sintéticos.

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte:

Toda Matéria

Mundo Educação

Byjus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.