Saiba tudo sobre funções oxigenadas

solventes

Em princípio, vamos falar para você o que seja funções oxigenadas da química orgânica. Então, saiba tudo sobre funções oxigenadas. Bom, nós a conhecemos também como grupo funcional. Assim, como um grupo tem átomos com propriedades e reatividade distintas. Ou seja, os grupos funcionais possuem propriedades idênticas às suas “moléculas mãe”. Por exemplo, um álcool agirá da mesma maneira, independentemente se é álcool metílico, álcool etílico ou álcool isopropílico.

Assim, na química orgânica existem as funções oxigenadas que são aquelas que tem oxigênio em sua estrutura. Em princípio, nós podemos temos os Aldeídos, as Cetonas, os Ácidos carboxílicos, os Ésteres, os Éteres, os Fenóis e os Álcoois.

Como são os Álcoois

Bom, os álcoois são aqueles compostos que tem hidroxilas ligadas a carbonos por apenas ligações simples. Além disso, os álcoois se dividem em

  • Primários quando ligados a apenas um átomo de carbono
  • Secundários quando ligados a dois átomos de carbono
  • Terciários quando ligados a três átomos de carbono.

Álcoois estruturas

Bom, dentre os grupos funcionais álcool podemos destacar o etanol (álcool ou álcool etílico – CH3CH2OH) presente nas bebidas alcoólicas e combustível de carro; e o metanol (CH2OH) que é um solvente e combustível de carros.

Para nomear essa função oxigenada orgânica a IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada, em português) recomenda usar

  • prefixo – número de carbonos
  • intermédio – tipo de ligação química
  • sufixo – ol, de álcool

Ácidos Carboxílicos

Então, as carboxilas são as funções dos ácidos fracos por carboxila, que na maior parte das vezes tem um cheiro desagradável. Além disso, nós podemos encontrar esses ácidos no vinagre (ácido etanoico), na transpiração, nas frutas (ácido ascórbico).

ácido carboxílico

Por outro lado, os ácidos carboxílicos podem ser alifáticos, quando sua cadeia é aberta, ou aromáticos, quando há um anel aromático. Nós classificamos os ácidos carboxílicos conforme o número de carboxilas que apresentam:

  • Monocarboxílico (1 carboxila)
  • Dicarboxílico (2 carboxila)
  • Tricarboxílico (3 carboxila).

De acordo com a IUPAC, -oico é o seu sufixo, o qual indica a função orgânica dos ácidos carboxílico.

O que são os ésteres

Bom, os ésteres conforme mostrado abaixo lembram os ácidos carboxílicos. Mas, são diferentes por ter um radical carbônico (R), enquanto os ácidos carboxílicos têm hidrogênio.

Esteres

Em princípio, os ésteres são flavorizantes usados aromatizar por exemplo doces, sucos e xaropes.

Então, para nomear os ésteres nós devemos obedecer o seguinte:

  • o prefixo indica o número de carbonos
  • o intermédio indica o tipo de ligação química
  • o sufixo -oato é acrescentado, tal como o elemento “de”
  • segue-se a terminação -ila

Como são os aldeídos

Os aldeídos são constituídos por compostos orgânicos alifáticos ou aromáticos. Além disso, eles possuem uma carbonila na sua composição (C dupla O), a qual se localiza nas pontas da estrutura molecular.

Aldeídos

Os principais são Metanal (Formaldeído), Etanal (Acetaldeído), Propanal (Propionaldeído), Butanal (Butiraldeído), Pentanal (Valeraldeído), Fenil-Metanal (Benzaldeído) e Vanilina.

De acordo com a IUPAC, -al é o seu sufixo utilizado para nomear os compostos. Esse sufixo indica a função orgânica dos aldeídos.

O que são cetonas

Em princípio, as cetonas possui carbono numa ligação dupla com oxigênio, a carbonila, localizada no meio da molécula.

Cetonas

As cetonas podem ser simétricas (radicais idênticos) ou assimétricas (radicais diferentes).

Classificam-se de acordo com o número de carbonilas:

  • Monocetonas (1 carbonila)
  • Policetonas (2 ou mais carbonilas).

Em geral, nós utilizamos as cetonas como solventes, inclusive para retirar esmalte das unhas.

De acordo com a IUPAC, -ona é o seu sufixo, o qual indica a função orgânica das cetonas.

O que são fenóis

Então, os fenóis são compostos por carbono e hidrogênio ligado a hidroxilas.

Fenois

Eles se dissolvem em álcool e éter e a maior parte deles é corrosivo e tóxico. São classificados conforme o número de hidroxilas que apresentam:

  • Monofenóis (1 hidroxila)
  • Difenóis (2 hidroxilas)
  • Trifenóis (3 hidroxilas).

Nós podemos aplicá-las na fabricação de explosivos, bactericidas, fungicidas e creolina.

O que são éteres

Bom, os éteres são compostos muito inflamáveis formados por oxigênio entre duas cadeias de carbono. Podem ser encontrados nos estados líquido, sólido e gasoso e têm um cheiro muito forte. As cadeias podem ser simétricas (radicais idênticos) ou assimétricas (radicais diferentes).

Os éteres são usados como solventes.

O prefixo indica o número de carbonos, tal como os restantes compostos. No entanto, o lado do oxigênio que tem menos carbono o sufixo é -oxi, enquanto, o lado do oxigênio que tem mais carbono o sufixo é -ano.

Convite

Agora que você descobriu as funções oxigenadas neste post “Saiba tudo sobre funções oxigenadas” convidamos você a acessar nossos posts sobre os compostos orgânicos. Acesse aí para ficar mais antenado sobre os compostos orgânicos.

Então, gostou do nosso post “Saiba tudo sobre funções oxigenadas”? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

Toda a matéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.