Você sabe o que é poluição do ar e mudanças climáticas

Poluição do ar

Você sabe o que é poluição do ar e mudanças climáticas? Bom, a poluição do ar consiste da existência de produtos químicos ou partículas no ar que podem prejudicar a saúde de humanos, animais e plantas. Além disso, a poluição do ar danifica casas, monumentos históricos, edifícios por alterar a chuva ácida.

Em princípio, os poluentes no ar podem ser ser gases, partículas sólidas ou gotículas líquidas.

Quais são as fontes de poluição do ar

Bom, a poluição entra na atmosfera terrestre de muitas maneiras diferentes. Então, a maior parte da poluição atmosférica vem das atividade humanas. Por exemplo, emissões de fábricas, carros, aviões ou latas de aerossol, etc. Dessa forma, chamamos os poluentes emitido para o ar pelas atividades humanas de fontes antropogênicas.
Além disso, não podemos esquecer de dizer para você que existe a poluição do ar natural. Por exemplo, fumaça de incêndios florestais causado por raios ou cinzas de vulcões. Assim, chamamos esses poluentes de fontes naturais.

Onde os efeitos da poluição ar é mais evidente?

A princípio, a poluição atmosférica ou do ar é mais comum nas grandes cidades do planeta. Porque, nas grande cidades temos as maiores fontes de emissões de poluentes do ar. Além disso, em cidades localizadas perto de montanhas ou cercadas por prédios altos a poluição do ar é maior. Assim, nesses casos a poluição atmosférica se concentra no meio da cidade pois está impedida de se espalhar.

Dessa forma, você pode identificar essa poluição do ar ao olhar no início da manhã ou no final da tarde um mancha cinza no horizonte da cidade. Outra forma de você identificar essa poluição pelo sol vermelho e pela dificuldade em respirar. Além disso, observa-se um aumento de temperatura no perímetro das cidades grandes. Então, nós chamamos esse fenômeno de SMOG. Bom, a palavra SMOG vem da combinação das palavras fumaça e neblina.
A princípio, grandes cidades de países pobres e em desenvolvimento tendem a ter mais poluição do ar do que cidades em países desenvolvidos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), algumas das cidades mais poluídas do mundo são Karachi, Paquistão; Nova Deli, India; Pequim, China; Lima, Peru; e Cairo, Egito. No entanto, muitas nações desenvolvidas também têm problemas de poluição do ar. Por exemplo, Los Angeles, Califórnia, tem o apelido de Smog City.

Quais são as consequências da poluição do ar?

Em princípio, as pessoas experimentam uma ampla gama de efeitos sobre a saúde ao serem expostas à poluição do ar. Dessa forma, podemos dividir os efeitos aqueles de curto prazo e de longo prazo.

  • Efeitos de curto prazo: são aqueles temporários, como pneumonia ou bronquite. Além disso, você pode incluir desconfortos, como irritação no nariz, garganta, olhos ou pele bem como dores de cabeça, tonturas e náuseas. Por outro lado, você ainda pode sentir maus cheiros produzidos por fábricas, lixo ou sistemas de esgoto. Todavia, esses odores são menos graves, mas, mesmo assim,  desagradáveis.
  • Efeitos de longo prazo: esse tipo de poluição do ar podem durar anos ou uma vida inteira o que pode levar à morte de uma pessoa. Porque uma pessoa pode ter as seguintes doenças: cardíacas, câncer de pulmão doenças respiratórias (como enfisema). Além disso, a poluição do ar pode causar danos nos nervos, cérebro, rinsfígado e outros órgãos além de defeitos congênitos.

O que o Clube da Química está fazendo para ajudar?

Nós do Clube da Química, assim como você, luta para ter um mundo melhor. Ou seja, lutamos para que o nossa condição de vida melhore sempre. No nosso Clube da Química publicamos posts sobre a poluição na nossa seção de Química Ambiental. Convidamos você a entra na nossa seção que luta pelo meio ambiente. Clique aqui e descubra.

Tomamos a liberdade de colocar algumas sugestões abaixo para você saber um pouca mais sobre poluição do ar e mudanças climáticas:

Entre para a Comunidade

Mas caso ainda tenha dúvida não pense duas vezes faça parte da comunidade do Clube da Química para receber nossas novidades. Assim, nos siga em nossas redes sociais no:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

National Geography

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *