Descubra a importância do princípio de Le châtelier

Dr Genilson Pereira Santana

Em princípio, uma reação química é um processo no qual ocorre a transformação de uma ou mais substâncias em novas substâncias. Ou seja, formação de produtos. Assim, essas transformações envolvem a quebra e formação de ligações químicas entre os átomos. Dessa forma, ocorre um rearranjo dos átomos e se formam moléculas dos produtos.

Então, as reações químicas podem ocorrer em diferentes velocidades, dependendo das condições. Fatores como temperatura, pressão, concentração dos reagentes, presença de catalisadores e superfície de contato influenciam a velocidade das reações químicas.

Nesse sentido, o princípio de Le Châtelier merece destaque.

O princípio de Le Châtelier

Então, o princípio de Le Châtelier descreve como um sistema em equilíbrio reage a mudanças externas. Assim, o químico francês Henri Le Châtelier formulou esse princípio, que hoje é fundamental para entender uma reação em equilíbrio químico. Porque esse princípio prevê a direção em que um sistema em equilíbrio químico se deslocará quando ocorrerem alterações nas condições.

De acordo com a Lei de Le Châtelier, quando se submete um sistema em equilíbrio ocorre uma mudança na temperatura, pressão, concentração de reagentes ou produtos, ou volume. Ou seja, o equilíbrio químico responderá de forma a minimizar o efeito dessa mudança e tentará retornar ao equilíbrio.

Pode até parecer muito teórico, mas aplica-se o princípio de Le Châtelier em várias situações durante uma reação química.

Aplicações práticas do princípio de Le Châtelier

Então, relacionamos para você 4 aplicações práticas do princípio de Le Châtelier na interpretação de equilíbrios químicos:

  1. Alteração de temperatura: Se a temperatura de um sistema em equilíbrio aumentar, o sistema responderá consumindo calor, deslocando a reação no sentido endotérmico. Da mesma forma, se a temperatura reduzir, o sistema responderá liberando calor, deslocando a reação no sentido exotérmico.
  2. Mudança na pressão: Em um sistema em equilíbrio envolvendo gases, um aumento na pressão levará o sistema a se deslocar para o lado com menor número de moléculas gasosas, a fim de diminuir a pressão total. Por outro lado, uma diminuição na pressão fará com que o sistema se desloque para o lado com maior número de moléculas gasosas.
  3. Variação da concentração: Se houver um aumento na concentração de um dos reagentes, o sistema se deslocará no sentido de consumir parte desse reagente, buscando restabelecer o equilíbrio. Da mesma forma, se houver um aumento na concentração de um produto, o sistema se deslocará no sentido de consumir parte desse produto.
  4. Mudança no volume: Se o volume do sistema reduzir, a pressão aumentará, e o sistema se deslocará para o lado com menor número de moléculas gasosas. Por outro lado, se o volume for aumentar, a pressão diminuirá, e o sistema se deslocará para o lado com maior número de moléculas gasosas.

Em resumo, o princípio de Le Châtelier permite prever a resposta de um sistema em equilíbrio a mudanças nas condições, como temperatura, pressão, concentração e volume.

Aplicação do princípio de Le Châtelier na indústria

Então, ao entender como um sistema em equilíbrio químico responde a mudanças nas condições, os engenheiros e cientistas podem ajustar as variáveis do processo para obter melhores rendimentos e eficiência. Vamos lá, então. Colocamos para você algumas aplicações do princípio de Le Châtelier na indústria:

  1. Controle de temperatura: Aplica-se o princípio de Le Châtelier para controlar a temperatura em reações exotérmicas e endotérmicas. Por exemplo, em uma reação exotérmica que libera calor, pode-se resfriar o sistema para deslocar o equilíbrio na direção desejada, aumentando o rendimento de produtos. Da mesma forma, em uma reação endotérmica que consome calor, pode-se fornecer calor para impulsionar a reação.
  2. Manipulação da pressão: Em reações que envolvem gases, aplica-se o princípio de Le Châtelier para controlar a pressão e, assim, otimizar a produção. Por exemplo, se uma reação produz mais moléculas gasosas do que consome, a redução da pressão favorecerá o aumento do rendimento dos produtos. Isso é particularmente útil em processos industriais, como a produção de amônia ou de síntese de metanol.
  3. Ajuste de concentrações: O controle das concentrações dos reagentes pode influenciar a direção de uma reação química. A adição ou remoção de reagentes específicos pode deslocar o equilíbrio em favor da formação de produtos desejados. Aplica-se isso em processos industriais que dependem do equilíbrio químico, como na produção de ácido sulfúrico ou na síntese de ácido nítrico.
  4. Uso de catalisadores: Empregam-se os catalisadores amplamente na indústria química para aumentar a velocidade de uma reação e melhorar a eficiência do processo. Dessa forma, considera-se o princípio de Le Châtelier na seleção e no uso de catalisadores, pois eles podem alterar as condições de equilíbrio e permitir que a reação ocorra mais rapidamente.

Considerações finais

É importante ressaltar que, embora as CNTP tenham grande importância para a Química, nem todas as situações e aplicações utilizam para essas condições. Em muitos casos, é necessário considerar outras condições de temperatura e pressão que sejam mais representativas do sistema em estudo.

Então, o assunto “O que são condições normais de temperatura e pressão?” foi interessante? Então, você tem que descobrir as reações química aqui no Clube da Química, não é mesmo?  De qualquer forma convidamos você a descobrir um pouco mais nos posts abaixo. Acesse ai.

Mas, caso ainda tenha dúvida, não pense duas vezes junte-se a comunidade do Clube da Química para receber nossas novidades além de tirar suas dúvidas. Assim, conecte-se nas nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *