Tudo sobre as fórmulas químicas

Molécula

Bom, uma fórmula química é, sobretudo, uma expressão que indica o número e o tipo de átomos presentes na molécula de uma substância. Então, o tipo de átomo é dado usando símbolos de elementos químicos. Assim, o número de átomos é indicado por um índice subscrito após o símbolo do elemento.

Exemplos de fórmulas químicas

Existem seis átomos de C e 14 átomos de H em uma molécula de hexano, que possui uma fórmula molecular de:

C6H14
A fórmula química do sal de cozinha ou cloreto de sódio é:
 
 
Sal de cozinha

Saiba mais sobre o cloreto de sódio nos posts

Cloreto de sódio

A descoberta da relação sódio e a pressão alta

NaCl
Há um átomo de sódio e um átomo de cloro em cada molécula. Observe que não há índice subscrito para o número “1”.

Tipos de fórmulas químicas

Embora, qualquer expressão que cite o número e o tipo de átomos seja uma fórmula química, existem diferentes tipos de fórmulas, incluindo fórmulas moleculares, empíricas, estruturais e químicas condensadas.

Fórmula molecular

Também conhecida como “fórmula verdadeira”, a fórmula molecular indica o número real de átomos dos elementos em uma única molécula. Por exemplo, a fórmula molecular da glicose no açúcar é:

C6H12O6

Fórmula empírica

A fórmula empírica é, sobretudo, a razão mais simples de todo o número de elementos em um composto. Recebe esse nome porque provém de dados experimentais ou empíricos. Portanto, é como simplificar frações matemáticas.

Às vezes a fórmula molecular e empírica são os mesmos, por exemplo, H2S, enquanto outras vezes as fórmulas são diferentes. Por exemplo, a fórmula empírica da glicose é:
 
CH2O
Então, isso é obtido dividindo todos os subscritos pelo valor comum (6, neste caso).
 

 Acesse: “Cálculo de fórmulas empíricas e moleculares” e você saberá tudo de como é uma fórmula empírica e molecular. 

Fórmula estrutural

Embora a fórmula molecular diga quantos átomos de cada elemento estão presentes em um composto, ela não indica a maneira como os átomos estão dispostos ou ligados um ao outro. Uma fórmula estrutural mostra as ligações químicas.

Esta é uma informação importante porque duas moléculas podem ter compartilhado o mesmo número e tipo de átomos, mas são isômeros uma da outra. Por exemplo, etanol (álcool de cereais que as pessoas podem beber) e éter dimetílico (um composto tóxico) compartilham as mesmas fórmulas moleculares e empíricas.

Também existem diferentes tipos de fórmulas estruturais. Alguns indicam a estrutura bidimensional, enquanto outros descrevem o arranjo tridimensional dos átomos.

Fórmula Condensada

Uma variação específica de uma fórmula empírica ou estrutural é a fórmula condensada. Esse tipo de fórmula química é uma espécie de notação abreviada. A fórmula estrutural condensada pode omitir os símbolos de carbono e hidrogênio na estrutura, simplesmente indicando as ligações e fórmulas químicas dos grupos funcionais.

A fórmula condensada escrita lista os átomos na ordem em que aparecem na estrutura molecular. Por exemplo, a fórmula molecular do hexano é:

C6H14

 Acesse: “A Fórmula Condensada em Química” e você saberá tudo de como é uma fórmula condensada. 

No entanto, sua fórmula condensada é:

CH3(CH2)4CH3

Essa fórmula não apenas fornece o número e o tipo de átomos, mas também indica sua posição na estrutura.

Acesse  também para saber mais sobre as moléculas

Tudo sobre o metaverso na Química

As moléculas diatômicas comuns

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.