Alumínio o metal amigo do meio ambiente

latas de aluminio

Alumínio o metal amigo do meio ambiente é um post que trata de um metal extremamente usado pela humanidade. Então vamos descobrir com isso ocorre.

Hoje, usamos alumínio (Al) em grande parte de nossas vidas, de trens de alta velocidade a janelas, transmissões, telecomunicações, carros e latas de bebidas. Tudo isso graças a toda uma constelação de propriedades que incluem maleabilidade, condutividade e leveza.

Então, ele também é perfeito para criar barreiras contra gases, umidade, luz e oxigênio, particularidade que o torna ideal para proteger produtos farmacêuticos e evitar perda de qualidade. Quanto à sua excelente condução, torna-se imprescindível para a construção de cabos, pois permite a transmissão de eletricidade superior a 700.000 volts.

Além disso, o alumínio é facilmente reciclado e transformado em aeronaves, automóveis, bicicletas, barcos, computadores, panelas, calhas, tapume, arame e latas.

Da Bauxita ao alumínio

Uma descoberta tardia, apesar de este elemento ser, depois do oxigênio (O) e da sílica (SiO2), o mais comum na crosta terrestre, e tem o título de metal mais abundante na natureza, à frente do ferro e do manganês.

No post ”Qual família do elemento químico alumínio” mostramos aqui no ClubedaQuimica que o alumínio (Al) corresponde a cerca de 8% em peso da crosta terrestre. Além disso, você vai descobrir no post que o homem conhece o alumínio desde o 3o século chines.

Então, apesar de ser bastante abundante na Terra sua descoberta demorou muito. A princípio, a razão pela qual demorou tanto para ser isolado é porque não ele não ocorre sozinho na natureza. Ou seja, é necessário técnicas mais sofisticada para extraí-lo de um mineral avermelhado chamado bauxita.

A primeira pessoa que conseguiu extrair foi Hans Christian Oersted em Copenhagen, Dinamarca, em 1825. Ele conseguiu obter o alumínio (Al) aquecendo o cloreto de alumínio (AlCl3) com potássio. Mesmo assim, o alumínio isolado era impuro. Coube ao químico alemão Friedrich Wöhler aperfeiçoar o método em 1827 e obter o alumínio puro pela primeira vez usando sódio em vez de potássio.

Por outro lado, na revista “Divirta-se com o Clube da Química – Alumínio”, uma revista de palavras cruzadas publicada e disponibilizada gratuitamente aqui no ClubedaQuimica, mostrando que para produzir o alumínio (Al) puro é necessário usar um método eletroanalítico. Esse método de extração de alumínio (Al) é muito caro. De convido a descobrir mais sobre o alumínio (Al) nessa revista.

O amigo do meio ambiente

Bom, você reparou que quando você joga uma latinha de alumínio (Al) na rua, ou mesmo no seu lixo, ela não fica muito tempo lá. Daqui a pouco vem uma pessoa que pega e leva a latinha. Não posso esquecer que ele amassa a latinha antes.

Só para você ter uma ideia, hoje no Brasil, em aproximadamente 30 dias, uma lata de alumínio para bebida pode ser comprada em um supermercado, usada, recolhida, reciclada e devolvida às gôndolas para consumo.

Quando eu vejo essas pessoas em praticamente todos os lugares que eu vou ficando me fazendo a mesma pergunta. O que a latinha de alumínio (Al) tem de especial? Você sabe?

Antes de responder a essa pergunta, tenho que falar para você que o alumínio (Al) pode ser 100% reciclado. O que significa isso? Bom, se você consegue reciclar 100% do alumínio (Al) você ajuda a preservar o meio ambiente.

Como assim? Ao reciclar 100 do alumínio (Al) você reduz muito a necessidade de exploração de bauxita. Ou seja, o impacto ambiente reduz de nova quantidade de alumínio (Al) não tão alta. Ela só aumenta se o mercado necessitar.

No caso do alumínio (Al), o aumento da demanda não é tão. Dessa forma, posso dizer a você que o alumínio (Al) é um exemplo de respeito ao meio ambiente e garantia de sustentabilidade.

Em princípio, estima-se que apenas 5% da energia necessária para extraí-lo seja consumida para reciclar o alumínio (Al). Além disso, a excelente reciclabilidade do alumínio (Al), juntamente com seu alto valor de sucata e baixa necessidade de energia durante a reciclagem, tornam o alumínio altamente desejável para todos.

O que precisa para reciclar o alumínio?

Vamos lá. Em primeiro lugar você deve saber que o alumínio (Al) não se degrada durante o processo de reciclagem, pois sua estrutura atômica não é alterada durante a fusão. Em segundo lugar, a reciclagem de alumínio (Al) é econômica e ambientalmente eficaz, porque o alumínio reciclado requer apenas 5% da energia usada para produzir alumínio primário e pode ter as mesmas propriedades do metal original.

De fato, o alumínio (Al) pode ser reciclado infinitamente sem perda de propriedades do material. Mas como funciona a reciclagem do alumínio (Al)? Aí vai como funciona a reciclagem do alumínio (Al):

  1. Coleta das latas usadas: aqui no Brasil coletam-se as latas de alumínio graças a ajuda dos catadores, a taxa de reciclagem de latas de alumínio se mantém acima de 90% todos os anos. As latas coletadas vão para muitas cooperativas de reciclagem espalhadas pelo país e muitas indústrias que se especializaram na reciclagem do alumínio (Al).
  2. Triagem: depois da coleta, enviam-se as sucatas de alumínio aos centros de coletas das indústrias de reciclagem, onde passam por esteiras para que todas as impurezas sejam removidas.
  3. Preparo: Após a remoção das impurezas, prensa-se a sucata de alumínio em fardos. Em seguida,  envia-se aos centros de fundição, onde passam por um novo processo de triagem. Então, trituram-se as latas que passam depois por um processo químico, para a retirada de substâncias que possam estar presentes no alumínio, como tintas e vernizes.
  4. Fundição: Funde-se os fragmentos limpos em um forno aquecido a 750 oC. O metal fundido flui para um poço profundo onde ocorre o processo de fundição. Após ser resfriado pelo contato direto com a água, o metal solidifica e forma-se um lingote.
  5. Vendas: os lingotes produzidos são vendidos para a indústria de alumínio.

Considerações finais

Aqui, neste post mostramos para você que o alumínio (Al) é um metal ideal. O seu ciclo de vida é quase perfeito, porque quase 100% dele é reciclado várias e várias vezes. Então, isso ocorre porque por trás dele tem toda uma estrutura de coleta que funciona muito bem.

Por exemplo, aqui no Brasil que praticamente não tem um sistema de reciclagem perfeito para outros resíduos, mas para o alumínio (Al) isso não ocorre. Portanto, podemos sem medo de errar que o alumínio é o exemplo ideal de utilização dos recursos naturais. Ele é o espelho para todos os resíduos sólido.

Gostou? Comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

ABC Ciencia

Ecomena

Ecycle

Recycling World Aluminium

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.