Nova visão da Tabela Periódica

tabela periódica

Bom, quando um químico olha para o mundo, ele logo diz nós somos formados a partir de 83 elementos. Esses elementos se diferem entre si pela carga elétrica positiva do seu núcleo e do número de elétrons. Por outro lado, outros 10 elementos químicos existem em quantidades vestigiais, como produtos instáveis da desagregação radioativos de três elementos mais pesados.

Ou seja, existe uma radioatividade natural observada nos isótopos radioativos que ocorrem espontaneamente na natureza de três radionuclídeos: urânio-238, urânio-235 e tório-232. Além disso, artificialmente o homem já produziu mais 20 elementos em laboratório.

Alguns elementos naturais do nosso mundo

A princípio, alguns elementos ocorrem na natureza puros. Por exemplo, carbono (C), ouro (Au), cobre (Cu), enxofre (S), prata (Ag). No entanto, a grande maioria está combinada com outros elementos, perdendo o seu carácter distintivo para formar as substâncias. Por exemplo, oxigênio (O2),  hidrogênio (H2) que se combinam para formar água (H2O), ou o cloro (Cl2) gás tóxico e inflamável o sódio (Na) metálico  em água para formar hidróxido.

Mesmo na sua forma pura, um elemento não é apenas uma substância reconhecível simples. Por exemplo, carbono (C) que está na forma de grafite de diamante, ou carvão. O carácter químico de um elemento está na forma que se combina com outros elementos – quantas átomos com quantos, facilmente, quão fortemente, em que arranjo espacial e assim por diante.

Alguns elementos, tais como hidrogênio (H) e oxigênio (O), podem combinar com praticamente qualquer outro elemento.  Os gases mais leves nobres, mostradas em cinza, são demasiado arrogante para combinar com qualquer outra coisa em tudo.

O mérito da tabela periódica

Bom, sem sombras de dúvidas o grande mérito da tabela periódica foi juntar todos os elementos numa sequência lógica. Hoje em dia, quando vejo a tabela periódica entendo a grande contribuição dos cientistas. Mendeleev conseguiu isso.

Mas, a organização de Mendeleev por ordem de número atômico consegue formar uma sequência contínua, no qual as características químicas dos elementos químicos ficam de forma periódica e regular. Então, Mendeleev conseguiu mostrar isso de uma forma retangular.

No entanto, ao longo de um século e meio, os químicos conforme mostra Edward Mazurs, um dos dois grandes historiadores do sistema periódico, produziram cerca de 700 representações gráficas entre 1862 e 1972. Parece surpreendente que, de todos esses, a forma curta de Mendeleev foi rapidamente adotada pelos químicos e permaneceu o padrão por meio século.

Só para você ter uma ideia do número de tabelas periódicas convidamos você a descobrir aqui no Clube da Química algumas delas. Acesse para você constatar a grandeza da tabela periódica. Vamos lá acesse:

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

One thought on “Nova visão da Tabela Periódica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.