Qual a contribuição upcycling dos químicos para resolver o problema do plástico?

Prof. Genilson Pereira Santana

Qual a contribuição upcycling dos químicos? Primeiro vamos falar da história do plástico. Bom, o plástico é uma história de sucesso global apresentando crescimento contínuo por mais de 50 anos. A produção de plástico pulou de 1,5 milhões de toneladas em 1950 para 322 milhões de toneladas em 2015, com uma taxa de crescimento de 8,6% ao ano. Por outro lado, a destinação e a reciclagem dos plásticos são praticamente desprezíveis. Os plásticos se tornaram um problema mundial, somente pouco países conseguiram alcançar níveis aceitáveis de recuperação dos plásticos principalmente por reciclagem.

A Figura abaixo mostra a situação atual dos plásticos, um dos maiores poluentes da atualidade, cujos números mostram baixo nível da reciclagem. Observamos que se recicla apenas 10% do plástico no mundo. A maior quantidade vai parar em aterros, incineração e/ou meio ambiente. Então, Qual a contribuição upcycling dos químicos para melhorar o ambiente?

                                   Esquema da tendência de upcycling no futuro

Como os químicos ajudam na recuperação do plástico

Então, no post “Os Químicos precisam criar o comércio de moléculas” abordamos a necessidade de nós Químicos usássemos nossa capacidade para reduzir o desperdício que existe nos mais variados produtos comercializados no mundo. Qual a contribuição upcycling dos químicos ? O Químicos precisa entrar de cabeça na economia circular beneficiando o mundo com novos materiais mais sustentáveis. Chamamos a atenção para esse fato no post “A Química e a economia circular” ao mencionar que os químicos têm papel fundamental no desenvolvimento de novos materiais mais valorizados em uma verdadeira revolução Upcycling.

 Por outro lado, ao observar os plásticos não como produtos mais como moléculas podemos perceber que no futuro teremos um verdadeiro mercado. A cada nova tecnologia desenvolvida a partir do plástico representa não só uma melhoria do ambiente, mas também um mercado de bilhões de dólares no mínimo. Na Figura acima percebe-se que as moléculas provenientes do plástico podem ser convertidas em monômeros, combustível ou mesmo serem isolados compostos usados na Química Fina. Ou seja, a participação de Químicos nos resíduos plásticos é fundamental para melhorar e retirar a enorme quantidade de plásticos distribuídos no nosso planeta.

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.