O que são os terpenos?

Isopreno

Os terpenos são substâncias constituídas de “unidades do isopreno”. Muitos terpenos são voláteis, isto é, são facilmente liberados no ar e percebidos pelas nossas narinas, assim como as de outros animais – daí vem a relação dos terpenos com a função de repelir ou atrair os animais, de acordo com as necessidades da planta. Os terpenos são, portanto, os grandes responsáveis pelo cheiro que sentimos, por exemplo, ao aproximarmos o nariz de um pau de canela, casca de sândalo, pote de flores, entre outros.

Leia também

Limoneno

O limão e a Covid19

O que são os terpenos

A Química do Limão

Todos os óleos essenciais são terpenos. Eles são utilizados há cerca de 3.500 anos com aplicação em cosméticos, perfumes, solventes ou matéria-prima para a produção de tintas, graxas, ceras, e como intensificadores sensoriais em alimentos. Os terpenos também são óleos aromáticos que conferem às plantas uma variedade de sabor e aromas como o das frutas cítricas, frutas vermelhas, hortelã e pinho. Eles são secretados em glândulas, como os tricomas por exemplo.

Os terpenos são agrupados de acordo com o tamanho da cadeia de moléculas que os compõem. Cada uma de suas moléculas é formada por uma combinação de cinco átomos de carbono ligados a oito átomos de hidrogênio (C5H8), numa estrutura denominada isopreno que se polimerizam formando uma variedade de terpenos. A polimerização ocorre pela ligação das moléculas pela ordem “cabeça-a-cauda” (ligação 1-4).

As moléculas de terpenos são alcenos naturais que apresentam na sua composição ligações duplas de carbono (C=C), no qual a presença de oxigênio no composto o configura como terpenoide. Pode-se ainda observar outras funções químicas como álcoois, ácidos, cetonas, aldeídos, éteres, epóxidos terpênicos ou fenóis.

Por exemplo, um monoterpeno é um terpeno formado por dois isoprenos ligados, mas existem outros terpenos mais complexos, como a borracha, que é um terpeno formado por uma cadeia com mais de mil isoprenos.

Na tabela a seguir, apresentamos exemplos de terpenos e seus efeitos.

Terpeno

Características

Exemplos ocorrência (plantas)

Efeitos

Mirceno

Aroma terroso, pouco cítrico e meio amargo

Lúpulo, capim-limão, manga.

Analgésico, antiinflamatório e antibiótico;

Limoneno

Aroma que sentimos ao descascar uma tangerina ou laranja

Frutas cítricas (limão, laranja, tangerina)

Bactericida, fungicida e anti-cancerígena

Beta-Cariophileno

Pouco doce, apimentado, amadeirado, cítrico, adstringente

Cravo-da-Índia, pimentas,algodão, ervas

Poderoso analgésico, redutor da pressão sanguínea

Pineno

Aroma das resinas de pinheiros

Eucalipto, sálvia, pinheiros

Expectorante, antiséptico, aumenta o foco, energético

Linalol

Aroma doce com toques apimentados

Lavanda, lírio, etc.

Estudos têm apontado efeitos na retração de câncer, possui efeitos sedativos

Delta-3-Careno

Aroma doce, pungente

Resinas de pinheiro, cedro, etc.

Efeitos no tratamento de distúrbios da regulação hídrica no corpo, causa sensação de olhos e boca secos.

Fonte:

Usberco e Salvador. Química: volume único. Editora Saraiva

Green Power

Infoescola

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *