Café com aroma

Café

Então, como muitos brasileiros quando eu acordo a primeira alimentação que procuro é um cafezinho. Bom, acredito que você tem a mesma vontade, senão você está perdendo uma das bebidas mais consumidas no momento.

Mas, afinal de contas o que é um café? Sob o ponto de vista das pessoas é pura cafeína. Umas das teorias para a cafeína ser considerada a única substância no café vem de muito tempo atrás. Bom, no post “cafeína” contamos para você mais detalhes dessa molécula. Convido você ir lá no post e descobrir mais detalhes da cafeína.

Por outro lado, você poderia pensar, então, que a cafeína significa gosto amargo do café, não é. Embora, as pessoas falem isso, na prática o gosto amargo do café por causa de outras substâncias. Bom, para desvendar esse mistério publicamos aqui no ClubedaQuímica o post “Porque o café tem gosto amargo“. Então, no post mostramos que o gosto amargo  do café se deve a uma grande mistura de compostos químicos. Dentre os quais os ácidos clorogênicos respondem por até 8% da composição dos grãos de café não torrados. Então, vá no post e descubra mais sobre o gosto amargo do café.

A contribuição de cada um desses compostos voláteis para o aroma final do café pode ocorrer a interações sinérgicas e antagônicas dos diferentes compostos que fazem parte de sua estrutura após a torrefação.

Composição química do café torrado

Então, você pode encontrar em um café torrado muitas substâncias químicas. Por exemplo:

  • Alcaloides; incluindo os alcaloides purínicos ou xantinas (cafeína, teobromina, teofilina, paraxantina)
  • Ácidos orgânicos (ácido clorogênico 5 a 10%, e os ácidos cafeico, metilúrico, vanílico, hidroxibenzoico e ferrúlico)
  • Flavonóides (caempferol, quercetol 40%), diterpenos (cafestol, caveol)
  • Salicilatos (salicilato de metila)
  • EDTA
  • ácido benzoico
  • Derivados nicotínicos (trigonelina)
  • Óleos essenciais (ácido cinâmico, aldeído cinâmico)
  • Vitaminas (nicotinamida, ácido ascórbico, tiamina, riboflavina e caroteno)
  • Minerais (cálcio, fósforo e ferro).

Então, em um primeiro momento você está pensando e a cafeína. Sim, café sem cafeína no café. Bom, em média o café tem de 1,0 a 2,5 % de cafeína.

Aqui, temos que saber que o aroma do café depende não só dessas substâncias, mas também de suas respectivas quantidades. Bom, você tem que observar a altitude, solo, clima entre outros para entender o  aroma de café que você bebe.

O aroma do café depende de onde ele vem

Então, na série Café com Aroma de Mulher da Netflix que conta a história de amor de Teresa Suárez, apelidada de Gaviota, e Sebastián, o herdeiro da plantação de café. Até recomendo você assistir a segunda temporada da serie Café com Aroma. Bom, tirando o enredo a história uma das coisas que o dono da fazenda de café se preocupa é com a safra. Dessa forma, um questão interessante na série da Netflix é que todos os anos os donos chegam  na fazenda Casablanca para colher a safra do café.

Ou seja, o que queremos dizer a você que o aroma do café depende muito da região onde ele foi cultivado. Além disso, a altura em relação ao mar, o tipo de solo, clima e técnicas de cultivo da região  que fazem muita diferença no aroma do café. Então, tudo porque o aroma do café depende da maneira como o fruto absorve os nutrientes.

Portanto, o fazendeiro busca combinar todos esse fatores para ter o melhor aroma do café possível. Dessa forma, ele irá deixar os consumidores do seu café contente com com o aroma do café de sua fazenda.

Descubra mais sobre café nos posts

Beber café faz algo extraordinário no corpo

A forma da xícara muda o gosto do café

As cápsulas de café biodegradáveis

Fonte

Moreira, R. F. A., TRUGO, L. C., DE MARIA, C. A. B. Componentes voláteis do café torrado. Parte II. Compostos alifáticos, alicíclicos e aromáticos. Química Nova, 2000, 23(2), 195-203.

2 thoughts on “Café com aroma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.