Hidrogênio verde o combustível que reduz os gases do aquecimento global

carro hidrogênio

Então, o gás hidrogênio (H2) sempre foi uma esperança para resolver os problemas ambientais. Por exemplo, seu uso como combustível permitiu que o homem fosse ao espaço. Além disso, cada ano que passa aparecem mais carros no mercado à base de gás hidrogênio (H2). Quem sabe no futuro os problemas de aquecimento global acabassem com o uso do gás hidrogênio (H2). Enquanto isso, só podemos sonhar como as cenas apresentadas neste post.

Portanto, descarbonizar o planeta é uma das metas que os países de todo o mundo estabeleceram para 2050. Para isso, devemos descarbonizar a produção do gás hidrogênio (H2). Ou seja, o hidrogênio verde  é uma das chaves para reduzir os efeitos dos gases do aquecimento global. Somente, a produção de gás hidrogênio (H2) tradicional é atualmente responsável por mais de 2% do total de emissões do gás do aquecimento global dióxido de carbono (CO2).  

A figura abaixo mostra que nós podemos produzir hidrogênio (H2) de diversas fontes e nós podemos classificá-los de acordo com o tipo de fonte. Dessa forma, podemos classificá-lo de acordo com a fonte em hidrogênio (H2) cinza, hidrogênio (H2)  azul, hidrogênio (H2) turquesa e hidrogênio (H2) verde.

Tipos de hidrogênios

O que é hidrogênio verde?

Então, a geração de hidrogênio verde baseia-se em um processo conhecido com eletrólise.  Este método usa uma corrente elétrica para separar o hidrogênio do oxigênio na água. 

Bom, no post “Qual o significado da primeira eletrólise da água?” mostramos como é a eletrólise da água, que é base do hidrogênio (H2) verde. Te convidamos a descobrir mais no post. 

Um estudo aponta se nós usamos esse método de obtenção de hidrogênio (H2) verde economizaríamos cerca de 830 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2) emitidas anualmente. No entanto, existem algumas dúvidas sobre a viabilidade do hidrogênio (H2) verde devido ao seu alto custo de produção. 

Quais são as vantagens do hidrogênio verde

Então, quais são as vantagens de usar hidrogênio (H2) verde afinal de contas?

  • 100% sustentável: o hidrogênio (H2) verde não emite gases poluentes nem durante a combustão nem durante a produção.
  • Armazenável: o hidrogênio (H2) é fácil de armazenar. Assim, nós podemos utilizá-lo posteriormente para outros fins.
  • Versátil: nós podemos transformar o hidrogênio (H2) verde em eletricidade ou gás sintético e utilizando-o para fins domésticos, comerciais, industriais ou de mobilidade.
  • Transportável: o hidrogênio (H2) verde pode ser misturado com gás natural em proporções de até 20% e percorrer as mesmas tubulações de gás e infraestrutura. Portanto, podemos economizar no transporte desse gás.

Quais são as desvantagens do hidrogênio verde

  • Alto custo: a energia de fontes renováveis, que são fundamentais para a geração de hidrogênio (H2) verde por meio da eletrólise, é mais cara de gerar, o que, por sua vez, torna o hidrogênio (H2) mais caro para obter.
  • Alto consumo de energia: a produção de hidrogênio (H2) em geral e hidrogênio (H2) verde em particular requer mais energia do que outros combustíveis.
  • Questões de segurança: o hidrogênio (H2) é um elemento altamente volátil e inflamável e, portanto, são necessárias extensas medidas de segurança para evitar vazamentos e explosões.

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

IBerdrola

World Economic Forum

2 thoughts on “Hidrogênio verde o combustível que reduz os gases do aquecimento global

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.