Quais são os riscos do naftaleno (naftalina)

naftalina
Naftaleno
     Naftaleno

Bom, quando aqueles insetos (baratas e traças) estão nos perturbando em casa nós vamos imediatamente ao supermercado procurar por um inseticida. Ai nos deparamos com aquelas bolinhas brancas cheirosas e acabamos comprando por elas duram mais e nossa casa fica com cheiro que nos lembra nossa infância. Nossas mães sempre comprava para colocar na gaveta e nos cantos da casa. Ai, espantava-se os ratos e as traças não acabavam com nossa roupas.  Agora, se você tem cupim e escorpião em casa não use a naftalina para espantá-los, pois eles não sofrem nada com o naftaleno.

Hoje em dia, já sabemos que essas bolinhas de naftalina pode nos causar doenças. Dessa forma, nós do Clube da Química estamos escrevendo esse artigo para você saber mais sobre os efeitos do naftaleno, principal componente das naftalinas. Aproveite a leitura.

Quais os problemas causados pelo naftaleno?

Então, utiliza-se o naftaleno (C10H8) na produção de anidrido ftálico e naftalina. Por outro lado, a  exposição aguda (curto prazo) ao C10H8 por inalação, ingestão e contato dérmico causa a anemia hemolítica, danos ao fígado e danos neurológicos. Bom,  trabalhadores expostos de forma aguda ao C10H8 tiveram danos na retina e cataratas. Além disso, a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (USEPA) classificou o C10H8 como Grupo C cancerígeno humano.

Como o naftaleno é aplicado

Então, o C10H8 tem várias aplicações, por exemplo:

  • Produção de anidrido ftálico
  • Inseticidas carbamatos
  • Agentes tensoativos e resinas,
  • Corantes intermediário
  • Agente de bronzeamento sintético
  • Repelente de traças.

Fontes e exposição potencial

A princípio, nós podemos ser expostos ao C10H8 quando colocamos naftalina em nossas casas. Por outro lado, trabalhadores podem ser expostos ao C10H8 de diversas formas. Por exemplo: produção de carvão mineral; preservação de madeira; curtimento; produção de tinta e corantes.

Assim, libera-se o C10H8 para o ar a partir da queima de carvão e quando você coloca a naftalina na sua casa, por exemplo. Além disso, na fumaça do cigarro encontramos o C10H8.

Como sabemos que fomos exposto ao naftaleno

Bom, para você saber se foi ou não exposto ao C10H8 você deve medir a sua quantidade na sua gordura, urina e fezes. Porém, esses testes são muito caros e exige equipamentos específicos.

Quais são os problemas quando você é contaminado por naftaleno

Então, a exposição aguda de humanos ao C10H8 por inalação, ingestão e contato dérmico causam anemia hemolítica, danos ao fígado e, em bebês, danos neurológicos. Assim, sintomas de exposição aguda incluem dor de cabeça, náusea, vômito, diarreia, mal-estar, confusão, anemia, icterícia, convulsões e coma. Além disso, a exposição aguda por inalação e ingestão pode causar cataratas.

Recomendamos que você descubra mais nos seguintes posts

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

Império

Usepa

Science

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.