Produtos mortais de beleza usado pelas mulheres

francoise de vallois savoye

Produtos mortais de beleza usado pelas mulheres fazem parte da história da beleza humana. Mas, Hoje em dia, quando nós vemos as pessoas usando o botox entre outros produtos para ficarem bonitas e jovens nem imaginam o que o ser humano fez no passado. Mas, ao longo da história humana vieram muitos pedidos direcionados para a mulheres com as mais variadas fórmulas e desde produtos farmacêuticos até cosméticos.

Levando-se em conta somente a beleza em muitos cosméticos aplicados na pele ou partes vulneráveis do corpo continham muitas substâncias venenosas. Por causa, desses produtos que resolvemos escrever este post mostrando alguns produtos de cair o queijo. Então, vamos lá cinco produtos mortais de beleza usado pelas mulheres.

1 – O produto mortal delineador tóxico

As mulheres da Grécia e do Egito antigos usavam para ficarem belas o antimônio (Sb), um produto químico extremamente tóxico.  O antimônio (Sb) era preferido pelos antigos egípcios como kohl, e os gregos também o usavam como cosmético para escurecer sobrancelhas e cílios.

2 – A maquiagem a base de chumbo

No post “A maquiagem macabra de uma rainha da Inglaterra” mostramos para você a rainha Elizabeth usava um produto a base de chumbo (Pb) para deixar a sua pele branca. Convidamos você a descobrir mais sobre os produtos macabros usados pela Rainha Elizabeth.

Então, nós devemos falar que o envenenamento por chumbo (Pb) causou a morte de muitas mulheres da alta sociedade da época da rainha Elizabeth.

3 – O produto macabro para a depilação

Então, nos últimos anos do século 19, ocorreu uma breve moda para o uso de algo chamado acetato de tálio (Tl) como método de depilação. Na época, prescrevia o tálio (Tl) como uma cura para a micose do couro cabeludo. Embora, ele não funcionava diretamente matando a micose; em vez disso, o cabelo caia o que facilitava eliminar a micose. Dessa forma, apareceu o produto “ideal” para depilar tanto é assim, que se comercializou o tálio (Tl) por meio século na forma de creme depilatórioO problema, como você deve ter adivinhado, é que o tálio (Tl) é intensamente tóxico e causa intoxicação pelo contato com a pele.

4 – O tratamento facial com amônia

Um dos documentos mais instrutivos sobre o que as mulheres do século 19 era a coluna de beleza, a “Ugly Girl Papers”, publicada na Harper’s BazaarAs recomendações contidas na coluna espelhavam os conselhos de beleza da época – então sabemos que a rotina de beleza padrão do dia, conforme recomendado pelo escritor de Ugly Girl, envolvia cobrir o rosto com ópio durante a noite, enquanto você dormia e depois enxaguar. E cuidadosamente pela manhã colocar amônia (NH3), antes de aplicar a tinta para o dia. Sim, essa amônia (NH3) que pode causar queimaduras graves em tecidos delicados.

5 – As bolachas de arsênio para cuidar da pele

Nos círculos de classe alta do século 19, os produtos usados ​​para conseguir a beleza e parecer que estava doente, principalmente por tuberculose era deixar o rosto branco. Assim, a mania da época era usar  produtos para a pele com altas doses de arsênio (As). Além disso, o próprio arsênio estava em voga como uma espécie de tônico de saúde ingerido por homens e mulheres.

Assim, na época existiam sabonetes e cremes de arsênio (As), além de wafers no comércio. Dessa forma, os wafers French Arsenic Complexion Wafers da Dr Rose foram feitos para ajudar a “desenvolver uma transparência e clareza translúcida da tez, contorno bem torneado, olhos brilhantes, pele macia e suave”. 

Convite

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

Bustle

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.