Entenda como são as fórmulas químicas

Químca Arte

Então, uma fórmula química é uma expressão que indica o número e o tipo de átomos presentes em uma molécula. Para isso, utiliza-se os símbolos dos elementos químicos e sua quantidade. Dessa forma, indica-se o número de átomos por um subscrito após o símbolo do elemento químico.

Então, neste exemplo existem seis átomos de carbono (C) e 14 átomos de hidrogênio (H). Bom, essa molécula é o alcano hexano. Por outro lado, vejamos a fórmula química do sal de cozinha ou cloreto de sódio é: NaCl

Aqui, temos que chamar a sua atenção que há um átomo de sódio e um átomo de cloro na molécula. Observe que não há subscrito para o número “1”. Então, que dizer que quando tem apenas um elemento químico não é necessário colocar o número 1. Exatamente, isso. Todas as vezes que você encontra uma fórmula química contendo somente o elemento químico, isso significa que ele só tem um átomo. Isso mesmo.

Tipos de Fórmulas Químicas

Em princípio, nós tem diferentes tipos de fórmulas, sendo que as mais conhecidas são moleculares, empíricas, estruturais e químicas condensadas.

Fórmula molecular

Então, essa fórmula é conhecida também como a “fórmula verdadeira”. Bom, a fórmula molecular indica o número real de átomos dos elementos em uma única molécula. Por exemplo, a fórmula molecular da glicose (açúcar) é: C6H12O6

Fórmula empírica

Aqui, nesse caso a fórmula empírica é a razão mais simples do número inteiro de elementos em um composto. Ela recebe esse nome porque vem de dados experimentais ou empíricos. É como simplificar frações matemáticas. 

Às vezes, a fórmula molecular e empírica são as mesmas, por exemplo a água (H2O). Aqui, não tem como você reduzir essa fórmula. Por outro lado, vejamos o caso da glicose (C6H12O6), repare que todos os subíndices dos átomos podem ser divididos por seis. Opa! no caso da glicose a fórmula molecular e empírica são diferentes. Sim, você tem razão. Assim, a fórmula empírica da glicose é CH2O.

Fórmula estrutural

Embora a fórmula molecular diga quantos átomos de cada elemento estão presentes em um composto, ela não indica a maneira como os átomos estão organizados ou ligados uns aos outros. Uma fórmula estrutural mostra as ligações químicas.

Esta é uma informação importante porque duas moléculas podem ter compartilhado o mesmo número e tipo de átomos, mas são isômeros uma da outra. Por exemplo, etanol (álcool de cereais que as pessoas podem beber também conhecido como álcool etílico) e éter dimetílico (um composto tóxico) compartilham as mesmas fórmulas moleculares e empíricas. Sendo que, as fórmulas estruturais são:

  • Álcool etílico – etanol: CH3CH2OH
  • Éter dimetílico:          CH3OCH3

Além disso, existem diferentes tipos de fórmulas estruturais também. Dessa forma, alguns indicam a estrutura bidimensional, enquanto outros descrevem o arranjo tridimensional dos átomos.

Fórmula condensada

Uma variação particular de uma fórmula empírica ou estrutural é a fórmula condensada. Este tipo de fórmula química é uma espécie de notação abreviada. A fórmula estrutural condensada pode omitir os símbolos de carbono e hidrogênio na estrutura, indicando simplesmente as ligações químicas e as fórmulas dos grupos funcionais.

A fórmula condensada escrita lista os átomos na ordem em que aparecem na estrutura molecular. Por exemplo, a fórmula molecular do hexano é C6H4No entanto, sua fórmula condensada é CH3(CH2)4CH3

Esta fórmula não apenas fornece o número e o tipo de átomos, mas também indica sua posição na estrutura.

Convite especial para você

Então, queremos convidar você a descobrir mais sobre as reações químicas e sua importância para a estequiometria. Acesse os posts abaixo e descubra mais sobre o assunto

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.