Desinfetante para que serve

desinfetantes

Quase todos os ambientes do planeta contêm bactérias e microrganismos. Então, você se surpreenderá ao saber que em cerca de seis centímetros de pele humana existem mais de 600.000 bactérias. Todavia, a maioria dessas bactérias é inofensiva aos humanos. Mas, organismos causadores de doenças – chamados de patógenos – são perigosos ou até mortais. 

Então, antes falar dos desinfetantes queremos que você descubra a importância da limpeza. Dessa forma, recomendamos para você os seguintes posts:

Em princípio, germes, bactérias e vírus cruzam nosso caminho a todo momento e se espalham facilmente por sua residência. Por exemplo, eles pegam carona na sola de seus calçados e nas patinhas e pelos dos seus PETs. Por isso, você precisa ter o máximo de cuidado e limpar a casa constantemente.

Mas, muita gente confunde o ato de higienizar com o de desinfectar. Então, higienizar remete à limpeza; enquanto desinfectar é eliminar os microrganismos que causam infecções.

O que são desinfetantes

Em principio, desinfetantes são agentes químicos aplicados a objetos inanimados para destruir bactérias, vírus, fungos, mofo ou bolor que vivem nos objetos. Então, o “princípio ativo (ingrediente ativo)” em cada fórmula de desinfetante é o que mata os patógenos. Assim, o princípio ativo interrompe ou danifica as células do patógeno. Os princípios ativos são auxiliados por outros ingredientes com várias finalidades. Por exemplo, surfactantes podem ser adicionados a uma fórmula desinfetante para fornecer umectação consistente em uma superfície ou para ajudar na limpeza.

Como escolher um desinfetante

Bom, existem quatro considerações principais que você deve avaliar ao escolher um desinfetante. Dessa forma, colocamos abaixo quatro necessidades que um desinfetante tem que ter para atender as suas necessidades:

  1. Eficácia
  2. Tempo para desinfectar
  3. Segurança
  4. Facilidade de uso

Desinfetantes para o comércio e indústria

A princípio, existem várias categorias amplas de desinfetantes específicas para a manutenção de instalações comerciais e industriais. Abaixo podemos encontrar os tipos mais comuns.

Peróxido de hidrogênioOs produtos à base de peróxido de hidrogênio são considerados seguros, verdes e sustentáveis para o meio ambiente. Isso ocorre porque eles se dividem em elementos naturais de água e oxigênio. H2O2 desinfetantes tendem a matar um largo espectro de bactérias e vírus rapidamente, são levemente ácidas, e são eficazes produtos de limpeza
Compostos de amônio quaternário (Quats)Os Quats são a melhor escolha para desinfecção em ambientes hospitalares e institucionais devido ao seu baixo custo e ação rápida contra uma ampla gama de microrganismos. Os Quats podem ser formulados com uma variedade de detergentes para fornecer capacidade de limpeza e desinfecção.
Compostos de CloroMata uma variedade de organismos, incluindo vírus resistentes, e é altamente recomendado para limpar fluidos corporais. Os desinfetantes à base de cloro são baratos e têm tempos de eliminação relativamente rápidos; no entanto, podem ser corrosivos e causar descoloração e irritação se não forem usados conforme as instruções.
AlcoóisQuando diluídos em água, os álcoois são eficazes contra uma ampla gama de bactérias, embora concentrações mais altas sejam frequentemente necessárias para desinfetar superfícies úmidas. A desvantagem é que eles evaporam rapidamente.
AldeídosMuito eficazes contra as bactérias que causam a tuberculose, mas precisam de uma alta proporção de parte por milhão (ppm) para serem eficazes na desinfecção. Algumas bactérias desenvolveram uma resistência aos aldeídos e foi descoberto que causam asma e outros problemas de saúde. Eles também podem deixar resíduos gordurosos e devem estar em uma solução alcalina.
IodóforosPodem ser usados para desinfetar alguns equipamentos médicos semicríticos, mas podem manchar as superfícies e ter um odor desagradável (pense no iodo).
Compostos fenólicosEficaz contra bactérias patogênicas, incluindo Mycobacterium tuberculosis, bem como fungos e vírus, mas também muito tóxico e corrosivo, atacando superfícies enquanto atacam os organismos nelas.

Saneantes para nossas casas

Substâncias ou preparações destinadas à higienização, desinfecção ou desinfestação domiciliar, em ambientes coletivos e/ou públicos, em lugares de uso comum e no tratamento da água compreendendo:

  • Inseticidas – destinados ao combate, à prevenção e ao controle dos insetos em habitações, recintos e lugares de uso público e suas cercanias;
  • Raticidas – destinados ao combate a ratos, camundongos e outros roedores, em domicílios, embarcações, recintos e lugares de uso público, contendo substâncias ativas, isoladas ou em associação, que não ofereçam risco à vida ou à saúde do homem e dos animais úteis de sangue quente, quando aplicados em conformidade com as recomendações contidas em sua apresentação;
  • Desinfetantes – destinados a destruir, indiscriminada ou seletivamente, microrganismos, quando aplicados em objetos inanimados ou ambientes;
  • Detergentes – destinados a dissolver gorduras e à higiene de recipientes e vasilhas, e a aplicações de uso doméstico.

Desinfetante na cozinha

  • Limpe diariamente com um desinfetante as superfícies onde a comida é preparada. Para isso, utilize um borrifador e um pano macio. Evite excessos do produto.
  • A pia também é outro local que deve ser limpo com frequência. Após esfregá-la com água e sabão, borrife o desinfetante sobre o local e, em seguida, seque a superfície com uma toalha, pois a umidade acelera o crescimento das bactérias.
  • Tábuas de corte também precisam ser desinfetadas com frequência. A dica é lavá-las com água e sabão e depois deixar o material de molho em uma solução com água sanitária (uma colher) e 1 litro de água. Após enxaguar, passe vinagre branco para retirar todos os resíduos da água sanitária.
  • Tire o lixo da cozinha todos os dias, não apenas para evitar o mau cheiro, mas também para garantir que as bactérias não se proliferem nesse ambiente. A cada sete dias, limpe a lata de lixo com o auxílio de um desinfetante ou de outro produto para remover odores.

Desinfetante no banheiro

  • Limpe e desinfete com frequência as superfícies que são tocadas diariamente, como a maçaneta da porta, a torneira da pia e o suporte do rolo de papel higiênico. Você pode utilizar a mesma solução de água sanitária que descrevemos acima.
  • Para o vaso sanitário, utilize uma esponja com detergente ou álcool na parte externa, no assento e tampo. Já a parte interna pode ser limpa com o auxílio de uma escova específica para vaso e desinfetante. Aplique a solução, esfregue, deixe agir por 10 minutos e depois dê a descarga.
  • No box, seja ele de vidro, acrílico ou ainda cortina, também é importante utilizar a solução de água sanitária para limpar a superfície, principalmente por causa do mofo que se acumula no local em função do contato com a água.
  • O chão deve ser limpo diariamente com o auxílio de um pano úmido e desinfetante. A cada sete dias, recomenda-se uma faxina mais “pesada”, com o uso de vassoura, sapóleos e água sanitária. Lembre-se de secar bem o local após concluir a limpeza.

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

Nyco

Cartilha de Vigilância Sanitária

Petlove

Super Gentil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.