Downcycling – Upcycling e a Química

upcycling

Downcycling – Upcycling e a Química o que se trata essa assunto? Muito interessante essa pergunta, pois se trata de dois termos pouco conhecidos. Mas, eles tem tudo haver com o lixo que você produz no dia a dia. Ou seja, você produz anualmente grande quantidade resíduos sólidos.

Esses resíduos sólidos é um sério problema para a humanidade hoje em dia. Por exemplo, os resíduos plásticos. Bom, quando começamos a usar plásticos há cerca de 70 anos, não pensamos muito sobre as c consequências deles para a humanidade.

A princípio, os números não são muito precisos mas a verdade é que o planeta agora está preso com cerca de 8,3 bilhões de toneladas de resíduos plásticos. Então, em todas as partes do mundo hoje em dia existe um pedaço de plástico.

Dessa forma, aqui no Clube da Química temos vários posts que tratam do problema chamado plástico. Convidamos você a descobre um pouco mais sobre o assunto em alguns de nossos posts. Acesse aí e descubra:

O crescimento da produção e do consumo do plástico se ao fato dele ser mais barato e mais fácil de produzir. Por outro lado, a humanidade o considera um resíduo sólido desprezado por todas as camadas da sociedade.

Como resolver o problema do plástico?

Então, aqui quero colocar para você dois conceitos relacionado ao reaproveitamento do plástico: downcycling e Upcycling. A princípio, downcycling é a transformação do plástico em outras moléculas (por exemplo, monômeros), como as alquilaromáticos entre outros hidrocarbonetos. Bom, no processo de downcycling a obtenção novas moleculares não tem a preocupação de uma boa relação custo-benefício. Além disso, o downcycling não leva em conta a qualidade do novo produtos. Dessa forma, o produto da transformação do plástico pode ter uma qualidade inferior.

Por outro lado, o upcycling impulsiona os resíduos plásticos a voltarem à cadeia de abastecimento de plástico para serem reutilizados com uma valorização maior que originalmente tenha sido produzido. O objetivo da upcycling é que menos poços de petróleo serão perfurados, menos montanhas serão minadas, menos árvores derrubadas, entre tantas outras ações. Aliado a tudo, tem-se uma redução considerável do consumo energético.

O termo upcycling começou a ganhar força em meados dos anos 90 por Gunter Pauli. O conceito foi posteriormente incorporado por William McDonough e Michael Braungart em seu livro de 2002 Cradle to Cradle: Remaking the Way We Make Things. Cradle to Cradle é a criação e qualificação de uma economia circular – Retake-Remake-Use-Return. É um design de produto inteligente que combina química, biologia e ciências ambientais com otimização e desenvolvimento de produtos. O conceito concilia indústria e ecologia fabricando produtos saudáveis e de alta qualidade. Com isso, a empresa não precisa mais se sentir culpada por seus impactos ao meio ambiente e porque o consumidor não é mais poluidor.

Alguns exemplos de sucesso da upcycling

Aqui no Clube da Química postamos alguns exemplos de sucesso que queremos dividir com você. Então, veja ai alguns posts:

Junte-se a nossa comunidade

Então, gostou? Bom, então faça parte da comunidade do Clube da Química para receber nossas novidades. Assim, nos siga em nossas redes sociais no:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.