Corrosão dos metais

A oxidação dos metais é mais conhecida como  corrosão.  Uma ação que diminui a vida útil de materiais feitos de metias. É muito comum nós termos em casa materiais apresentando corrosão, como automóveis e utensílios domésticos. A principal responsável por esse fenômeno é a água, apenas uma gota de água natural pode conter eletrólitos que formam uma pequena célula eletroquímica. No caso de superfíces de ferro metálico, é possível observar nas bordas da gota de água, o oxigênio dissolvido. Assim, o oxigênio retira os elétrons retirados do metal pela oxidação; os átomos de ferro  perdem seus elétrons para formar íons Fe2+ na água. Esse processo resulta na formação de minúsculos buracos na superfície metálica. Numa próxima etapa os íons de Fe2+ são oxidados a Fe3+ pelo oxigênio dissolvido e partir daí  precipitam como óxido ferrico (Fe2O3.H2O). O óxido ferrico formado é conhecido por ferrugem. Quanto maior o número de íons dissolvidos, mais a água se torna condutora. A formação da ferrugem é acelerada. Esta é uma das razões pela qual o ar salino das cidades litorâneas é tão prejudicial aos metais expostos.