Como os hidrocarbonetos são formados?

Os hidrocarbonetos são compostos importantes de seres estudados pois eles são muito utilizados no nosso cotidiano. Esses compostos são geralmente obtidos a partir do petróleo e, por isso, estão presentes nos seus derivados, como gasolina, querosene, óleo diesel, GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), gás natural, parafina, vaselina, entre outros. A partir dos derivados de petróleo são produzidos vários polímeros, como plásticos e borrachas, entre outros.

Leia também

Nossos hidrocarbonetos do dia a dia

A classe dos hidrocarbonetos

Hidrocarbonetos aromáticos

Hidrocarbonetos

Nomenclatura dos hidrocarbonetos

Revista hidrocarbonetos

Classificação dos hidrocarbonetos

Os hidrocarbonetos , como petróleo, gás natural e carvão, são formados no interior da terra (abaixo de 150 km de profundidade) sob altíssimos valores de pressão. O processo de formação é extremamente lento, sendo, considerado um recurso natural não-renovável. A ciência mostra que o petróleo é gerado a partir da transformação da matéria orgânica acumulada nas rochas sedimentares, que são formadas a partir da deposição de material.

Processos geológicos como atividades vulcânicas aumentam a temperatura e a pressão no material depositado possibilitando a formação das rochas sedimentares. Os hidrocarbonetos são formados onde a matéria orgânica é aprisionada. Hidrocarbonetos geralmente líquidos geologicamente extraídos são chamados de petróleo ou óleo mineral, enquanto hidrocarbonetos geológicos gasosos são chamados de gás natural. Todos são importantes fontes de combustíveis.

Particularmente o hidrocarboneto metano é formado a partir de diversas fontes como:

  • Gás natural e minas de carvão; 

  • Origem biológica;

  • Emanação através de vulcões de lama e falhas geológicas;

  • Decomposição anaeróbica de resíduos orgânicos;

  • Fontes naturais (exemplo, pântanos);

  • Extração de combustível mineral;

  • Processo de digestão de animais herbívoros, carnívoros e onívoros;

  • Bactérias;

  • Aquecimento ou combustão de biomassa anaeróbica;

  • 60% da emissão de metano no mundo é produto da ação humana, vindo principalmente da agricultura. Durante os últimos 200 anos, a concentração deste gás na atmosfera aumentou de 0,8 para 1,7 ppm;

  • Como componente principal nas exalações naturais de regiões petrolíferas, existindo também encerrado em cavidades nos estratos de jazidas de carvão mineral.